Veículo da Viação Itapemirim pega fogo na linha SP x Rio

Viação Itapemirim

Apesar da pane, veículo foi fabricado no ano passado.

Cerca de 30 passageiros que estavam a bordo de um dos ônibus da Viação Itapemirim tiveram que abandonar a viagem rodoviária antes mesmo de chegar ao seu destino final.
Uma suposta pane elétrica provocou o incêndio no veículo que operava a linha entre um dos trechos mais movimentados do Brasil, no Km 319 da Rodovia Presidente Dutra, na altura de Itatiaia e antecipou a parada de todos que estavam viajando. Segundo relatos da equipe da concessionária Nova Dutra, empresa que administra a rodovia de onde aconteceu o acidente, o motorista e os tripulantes conseguiram sair ilesos, antes que o fogo tomasse conta do interior do veículo.

Quem vinha sentido São Paulo com destino para o Rio de Janeiro, parou para acompanhar a ação do Corpo de Bombeiros, que apagou as chamas evitando riscos aos demais automóveis que trafegavam pela estrada.
De acordo com alguns passageiros, ocupantes do ônibus sentiram cheiro de fumaça vindo dos fundos do coletivo, quando o ônibus estava passando pelo pedágio que corta Itatiaia. Foi ai, que o motorista decidiu encostar o veículo em uma área segura para realizar o desembarque dos passageiros. Mesmo assim, o fogo se alastrou pelas imediações do veículo, obrigando o motorista parar com o veículo no meio da pista de acesso até a cidade mais próxima.
Todos os passageiros do coletivo foram até um restaurante que fica nas proximidades. Ninguém ficou ferido, conforme informação do corpo de bombeiros.

Testemunhas acreditam que o ônibus pegou fogo por causa de uma pane elétrica.
Homens do 23º Grupamento de Bombeiro Militar (GBM) de Resende utilizaram três viaturas para conter as chamas.
Policiais da 7ª Delegacia de Polícia Rodoviária Federal (PRF) e do 37º Batalhão de Polícia Militar (BPM) também participaram da ação com a intensão de estabelecer a segurança daqueles que passavam pelo local.
O trecho da rodovia ficou interditado por cerca de duas horas. Neste período, o fluxo de veículos foi desviado através de uma das pistas auxiliares da Dutra.
O veículo que foi fabricado no ano passado e ficou totalmente queimado, também foi removido do local.
A companhia de ônibus não se manifestou sobre o fato.