Viação Cometa e Decolar firmam parceria na Web

Parceria entre rodoviário e aéreoQuem pretende viajar de ônibus com o conforto oferecido pela viação Cometa pode garantir o assento predileto, com a Decolar. Graças a uma parceria firmada entre as empresas de turismo, é possível pesquisar preços e comprar a passagem rodoviária ou aérea, no mesmo ambiente virtual. A novidade é uma forma que a Cometa encontrou de ampliar sua oferta de serviços, aos passageiros que querem viajar pelo eixo Rio-São Paulo, gastando pouco neste momento de crise. Além da linha interestadual que divide as duas capitais, há várias outras opções de embarque com a companhia, principalmente para quem tem intenção de se deslocar pelo interior de São Paulo.

Reconhecida pela qualidade e segurança de sua frota, a viação Cometa é atualmente uma das companhias de ônibus que mais investe em tecnologia. Os ônibus GTV são os mais modernos da categoria executiva, com acesso livre a internet, tomadas individuais, aparelhos de DVD, frigobar com água mineral, ar-condicionado e calefação por poltrona. A empresa também é referência de segurança e conforto para viagens em veículos do tipo semi-leito e leito, tornando as viagens menos cansativas. O modelo GTV da Cometa oferece 24 poltronas confortáveis, com descanso para os pés e isolamento acústico. Já nos veículos leitos, o passageiro pode tirar um cochilo até chegar ao seu destino final, inclinando a poltrona até 150º.

A empresa rodoviária também disponibiliza cobertor e travesseiros, kit lanche e o cômodo silêncio através do isolamento acústico. Todos os veículos também possuem sanitário. Certificada pelo Instituto da Qualidade Automotiva (IQA), a viação Cometa possui o selo que garante qualidade e segurança para os usuários da frota. Experiência comprovada que rendeu a empresa, a fama de revolucionária no conceito moderno e luxuoso do setor rodoviário brasileiro.

Viação Cometa é líder em parcelamento de passagens do RJ

parcelar passagemPara driblar a crise e ajudar os passageiros a viajarem de ônibus sem comprometer o orçamento no final do mês, a viação Cometa decidiu parcelar a maioria de suas passagens de ônibus, saindo do terminal Novo Rio, no Rio de Janeiro. A companhia de ônibus, administrada pelo Grupo JCA, é a campeã em parcelamentos rodoviários com linhas para o Rio de Janeiro, em um grupo formado por operadoras tradicionais, como a viação Útil, 1001, Kaissara e Sampaio. Os prazos variam de três a seis meses e também podem ser aproveitados por quem faz as reservas pela internet. O gerente Lukasz Gieranczyk da plataforma online, especializada na venda de passagens de ônibus, Quero Passagem, garante que o preço para quem compra à vista ou a prazo é igual. “Os parcelamentos que oferecemos no Quero Passagem, através do incentivo de nossas companhias credenciadas não possuem juros”, conta.

Quem está localizado na capital carioca e quer desembarcar no terminal de Poços de Caldas, em Minas Gerais, poderá parcelar a passagem rodoviária em até seis vezes de aproximadamente R$ 17. Se o destino for Belo Horizonte, também é possível pegar pelo serviço em seis vezes, sem juros. Para esta linha, a companhia de ônibus cobra cerca de R$ 95, ou seis parcelas de R$ 16. O mesmo trajeto pode ser feito pela viação Útil, por um preço mais acessível, porém, a empresa só parcela o bilhete em três vezes. A companhia Útil também transporte passageiros do Rio de Janeiro até Brasília, Guarulhos, Ouro Preto, Juiz de Fora e Aparecida do Norte em passagens parceladas para três meses.

Auto Viação 1001
A companhia de ônibus 1001 é outra empresa com várias linhas no estado carioca, que gosta de oferecer a opção de parcelamento para seus clientes. Quem viajar de ônibus pela empresa para destinos como São Paulo, Cabo Frio (RJ) e Nova Friburgo (RJ) poderá pagar os bilhetes rodoviários em até seis vezes, no cartão de crédito.

Viação Piracicabana assume linha da viação Cometa em Americana

linhas rodoviáriasA viação Piracicabana assumiu no mês passado, a operação das linhas: “Piracicaba-Campinas, Piracicaba-Paulínia, Limeira-Americana e Piracicaba-Americana”, antes atendidas pela companhia Cometa. A mudança faz parte de uma troca de operações entre as duas empresas rodoviárias controladas pelo menos grupo administrativo. A transferência das linhas aprovada pela Agência de Transporte do Estado de São Paulo – Artesp não irá interferir na qualidade do serviço, antes oferecido pela Cometa. A viação Piracicabana manteve os mesmos horários de ônibus e a categoria entre os trechos, para que não haja nenhuma alteração na operação entre as linhas que envolvem o município do interior de São Paulo.

O JCA – grupo que comanda as atividades das companhias garantiu que a nova auto viação tem infraestrutura suficiente para atender todas as demandas no usuário que viaja por uma das respectivas linhas. Quem já havia reservada a passagem rodoviária com a Cometa, antes da mudança acontecer, poderá embarcar normalmente em um dos veículos da viação Piracicabana. Os preços das passagens de ônibus para as linhas interestaduais também não devem mudar. A expectativa dos funcionários que trabalhavam com a viação Cometa, é de que haja um remanejamento para a nova empresa e que os profissionais sejam mantidos em suas funções.

Viação Cometa passa operar em linha de São Roque a São Paulo

A linha que ligava o município de São Roque a São Paulo, operada pela viação Piracicabana foi transferidas para a viação Cometa, em fevereiro. Com a mudança, os veículos da nova companhia passam por Araçariguama, São João Novo e Osasco, até chegar a capital. A troca só é válida em linhas interestaduais, e por isso, o trajeto entre a rodoviária de São Roque e os municípios vizinhos de Cotia, Itapevi e Araçariguama continuam sobe regime da viação Piracicabana. Os horários de ônibus e pontos de parada não sofreram alteração. As passagens rodoviárias reservadas com a auto viação antes da mudança, também estão sendo aceitas pela Cometa. A troca entre as linhas foi feita de forma amigável entre as empresas com objetivo de melhorar o atendimento aos passageiros, e viabilizar o trajeto das empresas, com relação a suas localidades.

Viação 1001, Expresso do Sul e Rápido Ribeirão Preto renovam a frota

ônibus confortávelO Grupo JCA investiu cerca de R$ 60 milhões na compra de 83 ônibus Scania. As novas unidades reforçaram as garagens de três das seis companhias pertencentes ao grupo, que são: 1001, Expresso do Sul e Rápido Ribeirão Preto, ao lado de 156 modelos da mesma marca. A intenção é manter a operação dos ônibus com idade média de três anos. A maior parte dos novos veículos foram levados para a auto viação 1001. No total, a auto viação com operação no Rio de Janeiro, recebeu 69 novas unidades. A empresa Rápido Ribeirão Preto ficou com oito ônibus, enquanto que a Expresso do Sul ganhou seis unidades. Boa parte da frota é composta pelo modelo Double Decker, o mais moderno, confortável e seguro da categoria rodoviária em circulação no Brasil. No ano passado, o mesmo grupo chegou a adquirir 73 unidades da marca Scania.

Com os investimentos, a JCA bate o recorde em aquisição de veículos em território nacional, comprando 156 ônibus, em menos de 12 meses. Quem viaja de ônibus pelo eixo mais movimentado do país irá encontrar os novos veículos, em passagens rodoviárias reservadas com a Expresso do Sul. A linha Rio de Janeiro a São Paulo é uma das contempladas. A novidade do modelo recentemente adquirido é a nova tecnologia de frenagem, garantindo mais segurando aos passageiros, além de muito conforto em viagens de médias e longas distâncias, disponibilizadas em muitas rotas operadas pelas companhias da JCA. A nova frota irá operar em trechos com ligação a São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná e São José do Rio Preto, no interior de São Paulo.

Grupo JCA
Trata-se de uma organização com atuação no transporte rodoviário de passageiros há mais de cinco décadas. Está presente nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Espírito Santo. O grupo transporta mais de 90 milhões de passageiros por ano em serviços urbanos, intermunicipais, interestaduais e internacionais. As auto viações que fazem parte da JCA são: Auto Viação 1001, Auto Viação Cometa, Auto Viação Catarinense, Sistema Integrado de Transporte de Macaé, Rápido Ribeirão Preto, Opção Fretamento e Turismo e Metar Logística.

Viação 1001 torna embarque confortável na Rodoviária Novo Rio

Demonstração de uma sala vip do terminal.

Demonstração de uma sala vip do terminal.

A viação 1001 reativou uma de suas salas vips na rodoviária Novo Rio, no Rio de Janeiro, no dia 21 de agosto. O espaço destinado a clientes da auto viação, tornará o tempo de espera entre os embarques mais confortável e seguro. A nova sala de atendimento da 1001 é equipada com wi-fi gratuito, tem bancadas especiais para notebooks, cadeiras confortáveis, TVs de Led, banheiros, e até terminais eletrônicos de autoatendimento que servem como impressora para passagens de ônibus reservadas pela internet. Mais moderno e confortável, o espaço pode ser acessado na rodoviária do Rio de Janeiro, na Av. Francisco Bicalho, 01 – Santo Cristo – RJ.

Viação Catarinense
A companhia de ônibus Catarinense, operada pelo mesmo grupo que administra a viação 1001, chega com linhas interestaduais no estado do Rio Grande do Sul. A auto viação fundada em 1928, oferece viagens de ônibus com preços acessíveis, entre linhas do Estado do Paraná e do Rio Grande do Sul, através de rotas de Curitiba (PR) a Porto Alegre (RS), e Curitiba (PR) a Santa Maria (RS). As rotas com destino a capital gaúcha, têm paradas em cidades de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul – Joinville (SC), Balneário Camboriú (SC), Araranguá (SC), Torres (RS) e Osório (RS). Já entre a linha de Curitiba a Santa Maria, as paradas acontecem nos municípios de: União da Vitória (PR), Passo Fundo (RS), Carazinho (RS), Ijuí (RS), Cruz Alta (RS) e Júlio de Castilhos (RS).

Viação Cometa
A linha que liga a cidade de Sorocaba a São Paulo – uma das mais movimentadas no terminal da Barra Funda, continuará sendo operada pela viação Cometa. O trajeto é alvo de ação judicial por parte do Grupo Serveng, que opera os serviços da Airport Service na rodoviária Barra Funda. A venda das passagens rodoviárias com destino a capital paulista estava suspensa desde o dia 20 de agosto, porém, com a liminar obtida na 11ª Vara da Fazenda Pública, as reservas já podem ser feitas normalmente.

Cometa pode ampliar rotas do Rodoterminal de Santa Bárbara d’Oeste

Destinos Rodoviários de São Paulo.

Destinos Rodoviários de São Paulo.

A companhia de ônibus Cometa e outras quatro auto viações que oferecem linhas para diversos municípios do Estado de São Paulo, com embarque do Rodoterminal de Santa Bárbara d’Oeste, poderão ampliar a oferta de trechos rodoviários. A prefeitura da cidade quer que a população tenha mais opções de itinerários, no complexo que atualmente conta com oito linhas dos transportes intermunicipal e coletivo urbano. O rodoterminal está instalado às margens da Rodovia Luís Ometto (SP-306), nas proximidades do entroncamento de outras duas vias, a Luiz de Queiroz (SP-304) e a Bandeirantes (SP-348). A obra custou R$ 12,2 milhões ao governo estadual e foi entregue no começo desse mês. O rodoterminal faz parte do trecho de 24,3 km do Corredor Vereador Biléo Soares entre os municípios de Nova Odessa(SP), Americana e Santa Bárbara D´Oeste. A nova construção possui oito baias para ônibus rodoviários, bilheteria, área de alimentação, bicicletário, estacionamento, elevador, ponto de táxi e passarela com oito mil metros quadrados de área construída. Além da viação Cometa, o terminal rodoviário é atendido pela empresa Piracicabana, Expresso de Prata, Viação Manoel Rodrigues e Viação Piracicaba-Limeira.

As linhas municipais 106: Orquídeas (via São Joaquim), 118: Vista Alegre (via Parque do Lago), 126: Terminal Urbano / Câmara / Rodoviária e 127: Parque do Lago (via Vista Alegre) foram as primeiras a integrarem o rodoterminal. Os trajetos metropolitanos, como a  622: Americana (Terminal Metropolitano) via Rodovia Luiz de Queiroz, a 622EX1: Americana (Terminal Rodoviário Francisco Luiz Bendilatti) via variante SP-304, além das linhas 627: Americana (Terminal Metropolitano) via Jardim Mollon e Avenida Brasil e a 628: Americana (Terminal Rodoviário Francisco Luiz Bendilatti) via Avenida Campos Salles, foram transferidos da rodoviária principal ao novo complexo rodoviário. Para obter mais informações e tirar dúvidas sobre os novos trajetos e horários de ônibus, basta entrar em contato com o Departamento de Transportes, de Santa Bárbara d’Oeste. Ligue para o telefone (19) 3499-1799 ou procure um dos atendentes de segunda à sexta-feira, das 8 às 17 horas.

Retire o bilhete rodoviário no autoatendimento da viação Cometa

Compre suas passagens de ônibus sem sair de casa.

Compre suas passagens de ônibus sem sair de casa.

Sem fila, atraso ou imprevistos. Aproveitar os recursos tecnológicos disponibilizados por uma das maiores auto viações do Brasil promete facilitar a vida de quem está com o próximo embarque rodoviário marcado na agenda. O serviço de reserva pode ser feito inteiramente através de programas de computador, desde a escolha da poltrona e do itinerário, até a retirada do voucher de embarque. Basta ir até o site da empresa ou acessar a página eletrônica de uma agência de turismo para conferir os melhores preços e reservar a passagem, sem sair de casa. Assim como a viação Cometa, que atende rotas entre as regiões Sul e Sudeste do Brasil, muitas empresas do setor já estão integradas na internet. Só no e-commerce especializado em passagens rodoviárias, o Quero Passagem, mais de 40 auto viações estão credenciadas. É uma oportunidade de oferecer as rotas diretamente aos usuários que utilizam o computador, tablete ou celular, com conexão na web.

O serviço pode ser parcelado em cartões de crédito ou débito e é automaticamente finalizado através da confirmação de compra enviada no e-mail do internauta. O documento é dispensável para o passageiro que for retirar o bilhete direto no guichê da auto viação contratada. No momento da compra é preciso apresentar um documento com foto como forma de identificação. Quem ainda não está disposto a se dirigir até o guichê pode utilizar uns dos totens de autoatendimento espalhados nos terminais rodoviários, caso a companhia escolhida for a Cometa. A empresa rodoviária está investindo no recurso eletrônico para agilizar o processo de compra de seus clientes, além de reduzir o tempo de espera dos passageiros, antes do embarque.

Para aproveitar essa comodidade, é preciso localizar a sequencia numérica informada na confirmação de compra. O número é identificado na confirmação de compra como código localizador. Ele deve ser digitado no painel do totem.  O sistema localiza a reserva automaticamente para que o cliente possa verificar se todas as informações estão corretas. Antes de finalizar o processo é preciso informar o número de reserva do bilhete. Daí é só aguardar o aparelho liberar a passagem de ônibus automaticamente.

Viação Itapemirim é o terror das companhias aéreas

Companhias aéreas estão com medo de perder passageiros.

Companhias aéreas estão com medo de perder passageiros.

Preços mais acessíveis e comodidade no momento da compra, fizeram com que empresas aéreas ligassem suas turbinas para superar as vendas concorridas com auto viações. Um desses exemplos acontece em linhas interestaduais operadas pela viação Itapemirim e Penha. Enquanto as companhias rodoviárias se encarregam de transportar os passageiros por terra, nos ares, a aviação Azul faz de tudo para não passar por turbulências. As linhas oferecidas pelas viações desde 2009 são boas opções para passageiros que querem viajar com economia. Há trechos vendidos por até R$ 10, se a reserva for feita em ônibus do tipo convencional. A vantagem é o que preço é fixo o ano todo e dá para adquirir o serviço através de sites confiáveis pela internet. Os preços das companhias de ônibus só deixam de ser superados pelas aeronaves em pacotes promocionais, quando a reserva é feita com bastante antecedência.

O mecanismo é uma forma que as companhias de avião encontraram sobreviver no mercado. Elas são mais caras, mas ficam mais acessíveis quando se tornam opção número um, em 30 dias antes do dia da viagem. A alternância de preço também é sentida quando se quer comprar passagens aéreas em cima da hora. Nessa ocasião, a lei da oferta e da procura fala mais alto. Um dos pacotes disponibilizados pela companhia Itapemirim leva o passageiro do Rio de Janeiro até a capital do Paraná, por valores que variam de R$ 10 até R$ 106. Para chegar até Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, com embarques em São Paulo, a passagem custa R$ 139 no ônibus convencional, com banheiro e ar condicionado. Além de São Paulo e outras capitais, há rotas promocionais com saídas de Campinas, vale a pena conferir.

Passagem online
A viação Itapemirim é a segunda companhia rodoviária que mais venda passagens através do site Quero Passagem. A auto viação “amarelinha” só perde para a viação Cometa. As duas também ficaram entre as empresas que mais comercializaram bilhetes rodoviários no mês de março. Na ocasião, a empresa 1001 superou as recordistas com boa pontuação registrada pelo sistema. A agência de turismo online lançada no Brasil em 2013, tem credenciado de mais de 40 empresas do setor rodoviário.

Fusão entre a viação São Geraldo e Gontijo garante liderança

Viação Gontijo e São Geraldo pertencem a mesma empresa.

Viação Gontijo e São Geraldo pertencem a mesma empresa.

Um acordo de integração entre as linhas rodoviárias oferecidas pelas companhias de ônibus São Geraldo e Gontijo está garantindo boas disputas financeiras com uma velha conhecida das regiões Sudeste, Norte e Nordeste. Famosa por operar em linhas interestaduais desde a década de 70, a viação Itapemirim passou a ter uma incômoda concorrência em vários trechos já oferecidos por ambas às companhias até municípios de Minas Gerais e outros Estados. Sediadas em Belo Horizonte, ambas as auto viações correspondem boa fatia das passagens rodoviárias adquiridas no Brasil. Segundo levantamento feito por uma conceituada revista do setor, a viação São Geraldo e Gontijo já estavam entre as três empresas mais ativas do setor, há mais de 10 anos.

Na época, as companhias rodoviárias saboreavam o segundo e terceiro lugares, abaixo da Itapemirim, que tinha oficialmente mais de 10% da participação no número de passageiros por quilômetro transportado. Por lei, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) obriga que a empresa de transporte de passageiros interestadual pode ter, no máximo, 20% do mercado nacional. Com a fusão, a soberania entre as linhas federais atingida pelas duas empresas passou a registrar mais de 14%, superando a viação “amarelinha” também na participação sobre a frota, já que a as duas juntas somam mais de 2 mil ônibus rodoviários, capazes de transportarem 8 milhões de passageiros por ano.

Incorporação Milionária
Em 2002, o grupo 1001 fez um investimento milionário para poder contar com as operações da viação Cometa. Na ocasião, foram desembolsados R$ 135 milhões, a maior incorporação entre duas empresas do setor de transporte rodoviário no Brasil. A fusão garantia uma receita líquida superior a R$ 200 milhões. Os valores estão bem mais abaixo do que a São Geraldo gastou para se unir definitivamente a Gontijo. Hoje a companhia Cometa, ao lado de outras empresas do setor faz parte do Grupo JCA.

São Geraldo
Fundada em 1949, em Caratinga, leste de Minas, com o nome de Rodrigues Teixeira & Cia. Ltda., a viação São Geraldo tem uma frota de 800 ônibus para transportar mais de 3 milhões de passageiros ao ano,  por 150 linhas rodoviárias de 17 Estados, mais o Distrito Federal , rodando todos os anos 110 milhões de quilômetros.

Viação Cometa testa linha interestadual em Jundiaí

Cometa disponibiliza 12 horários de ônibus para São Paulo.

Cometa disponibiliza 12 horários de ônibus para São Paulo.

Vai completar um mês que os moradores dos bairros Eloy Chaves, Medeiros e região, estão testando uma linha de ônibus interestadual da viação Cometa, com destino a São Paulo. Desde a metade do mês passado, a companhia rodoviária disponibilizou 12 horários de ônibus para quem mora em Jundiaí e quer desembarcar na capital paulista. Por enquanto, tudo não passa de uma experiência. Segundo a administração da auto viação, só depois de dois meses de testes é que a empresa poderá avaliar os resultados e decidir se realmente irá manter o serviço no local. Até a expansão chegar, a Cometa já era responsável pelo transporte mensal de pelo menos 120 mil passageiros de Jundiaí até São Paulo.

Agora a intenção é ampliar esse número em 5%. A linha experimental começa a transportar passageiros do Aeroporto de Jundiaí, seguindo para o terminal rodoviário Eloy Chaves, com destino as rodoviárias de São Paulo. O trajeto é mais movimentado no período da manhã, e a tarde para quem faz o percurso ao contrário. Além dos ônibus regulares, a companhia Cometa também oferece 13 carros para o transporte de fretamento entre o município paulista e a capital. O serviço extra instalado na cidade, tem motivos comerciais, já que recentemente, Jundiaí lançou importantes empreendimentos imobiliários para classe média e alta. Com os investimentos no local, outros segmentos relacionamentos ao transporte público também se mexeram para atender a nova demanda.

A Cometa sabe que oferecer apenas uma linhas rodoviária no local não é suficiente para satisfazer a maioria da população. Exigentes, os clientes buscam facilidade e conforto o tempo todo, por isso, a empresa já estuda a integração de novos recursos junto a disponibilidade da viagem rodoviária. As reservas online e o sistema de bilhetagem eletrônica não estão destacados do projeto. Quem depende do serviço rodoviário para viajar com frequência está gostando da novidade. É o caso do aposentado Márcio Cantaga, de 69 anos. Ele mora no bairro há dois anos e diz ser a favor da nova linha da Cometa, justamente por não ter que embarcar em vários ônibus para chegar no destino desejado.