Viajar com a viação Garcia é mais barato do que andar de avião

viação GarciaBastou o feriado chegar para que seus planos de ficar em casa se tornem coisa do passado. Como resistir ao dia de folga, longe da melancolia e mesmice vivida sob quatro paredes? E o pior, como fazer as malas sem comprometer o orçamento no final do mês? Quem viajou no último feriado prolongado, abordo da viação Garcia tem a resposta. Segundo levantamento feito por uma agência de turismo online, a companhia rodoviária comercializou passagens de ônibus até seis vezes mais barato do que as companhias áreas, para o mesmo trajeto. Sorte para quem estava no Rio de Janeiro e queria desembarcar em Londrina, sede onde fica a empresa rodoviária.

Para este trajeto, a auto viação cobrou uma taxa de aproximadamente R$ 400, com o bilhete de volta garantido, enquanto que para voar ao mesmo destino, o valor era superior a R$ 1 mil, ou seja, uma diferença econômica de mais de 150%. A altercação de preço se estendeu para vários outros trechos operados pela companhia Garcia, a exemplo da rota entre Curitiba e Maringá. O trajeto custa em média R$ 215 de ônibus e sai pouco mais de R$ 1.300 se o turista preferir ir de avião. Além de serem mais baratos, com os bilhetes rodoviários não há susto. O valor é fixado anualmente, raramente sobe e assim é possível se programar com menos antecedência do que no setor área, sem correr o risco de pagar mais caro por isso.

Quem sempre viajou nas nuvens, admite que não dá mais para optar pelo serviço aéreo só pelo tempo da viagem. “A diferença de preço entre os serviços é muito grande. Por isso, não vale mais a pena deixar de economizar tanto para reduzir o tempo da viagem. Com a crise financeira, o primeiro item é o preço”, explica Juliano Ronam, microempresário que reside em Santa Catarina. Dos últimos quatro anos, optar pelas companhias de ônibus é certeza de praticidade e conforto. A maioria das classes de ônibus oferecem serviços de ótima qualidade, com internet sem fio, frigobar e TV com DVD.

Ouro e Prata e Planalto abrem 43 linhas em 3 estados

Novas linhas de ônibus.

Novas linhas de ônibus.

As empresas de ônibus Planalto e Ouro e Prata firmaram uma parceria para a compra de 60 ônibus. Os novos veículos fazem parte de um investimento de R$ 50 milhões, para abertura de 43 linhas rodoviárias em cidades de Santa Catarina, Paraná e São Paulo. Já faz quatro meses que as empresas se uniram para tirar o projeto do papel. A JMP, holding da viação Planalto afirma que a projeto não passa de uma parceria intermediada entre as duas companhias. “Não é nenhuma fusão ou aquisição, é apenas uma ação conjunta de duas empresas independentes – e pretendem se manter assim – para aproveitar uma oportunidade de mercado”, explicou Pedro Teixeira a um portal de notícias.

O acordo milionário deverá reforçar a frota das empresas rodoviárias com veículos da Mercedes-Benz e da Marcopolo. As novas unidades serão estreadas nas novas linhas de ônibus de longa distância em trechos de três estados, com autorização da ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres. A expectativa é de que o investimento traga benefícios a profissionais do setor e passageiros. Os ônibus deverão disponibilizar internet wi-fi, com portas USB em todas as poltronas, para viajantes que embarcarem em ônibus do tipo semileito. Também é possível a implantação de um sistema individual de entretenimento, com televisor, som e DVD para cada passageiro.

A ideia é copiar os serviços oferecidos pela melhor classe de avião no Brasil. Com o dinheiro será possível cobrir o custo inicial de operação, melhorar a infraestrutura de veículos já em circulação, e ainda contratar novos funcionários. Quem trabalha em frente ao volante também irá se beneficiar, já que ambas as empresas abriram 140 vagas para motoristas. Segundo a idealizadora do projeto, o momento de crise sofrido pelo setor aéreo tem colaborado com esta iniciativa. O cenário conta com diminuição de demanda aérea, inflação acentuada e aumento no preço do combustível, elevando o preço das passagens de avião, justamente na época em que os brasileiros mais viajam. A ANTT já autorizou a venda de passagens para os novos trechos.

Viação Ouro e Prata oferece novas linhas para 5 Estados

Novos destinos rodoviários.

Novos destinos rodoviários.

Os estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso ganharam novas linhas rodoviárias através do serviço da viação Ouro e Prata. A auto viação com sede no Rio Grande do Sul, oferece passagens rodoviárias com embarque do terminal rodoviário de Realeza, no Paraná, até municípios gaúchos como Tuparendi, Tucunduva, Tenente Portela e Palmitinho. O trajeto também conta com desembarque até as cidades de Caibi e Guarujá do Sul, em Santa Catarina. Quem mora em Cascavel (PR) poderá aproveitar os serviços da Ouro e Prata e seguir viagem até os municípios de Tuparendi, Tucunduva, Horizontina e Palmitinho. Há várias opções de saída pelo estado do Mato Grosso. As partidas podem ser reservadas de Campo Verde, Primavera do Leste, General Carneiro, Barra do Garças, Nova Xavantina, Água Boa, Serra Dourada e Canarana, ligando o estado localizado na região Centro-Oeste com Matogrosso do Sul, pelas cidades de Mundo Novo, Eldorado, Campo Grande, Bandeirantes, São Gabriel do Oeste, Rio Verde de Mato Grosso, Coxim e Sonora. A viação Ouro e Prata trabalha no transporte rodoviário de passageiros há mais de 70 décadas. Foi fundada na região noroeste do Rio Grande do Sul e hoje atende diversos estados brasileiros. A companhia faz parte do Grupo Ouro e Prata, e também trabalha com o transporte hidroviário de passageiros e no serviço de encomendas expressas.

Medidas sustentáveis
A viação Ouro e Prata é a primeira empresa rodoviária do Brasil a investir em um sistema bipartido das escovas que lavam os para-brisas dos veículos. A máquina que faz parte de um novo sistema de lavagem custou mais de R$ 145 mil, incluindo a renovação da pista de lavagem. O novo sistema dobrou a capacidade dos ônibus lavados simultaneamente, com uma economia de água de 50%. Além disso, parte da água utilizada para a limpeza, é captada da chuva, através de um reservatório de 35 mil litros. Após a utilização, a água é tratada na ETA (Estação de Tratamento de Água) e reaproveitada na máquina de lavar e no lava chassis.

Viação Andorinha e outras sete empresas são beneficiadas em MS

Ônibus da viação Andorinha.

Ônibus da viação Andorinha.

A companhia de ônibus Andorinha e outras sete auto viações foram contempladas com a doação de terrenos e a isenção de alguns impostos pela prefeitura de Campo Grande (MS). O benefício vem do Programa de Incentivo Econômico e Social de Campo Grande (Prodes) e deve ser uma das primeiras intervenções para o projeto de construção da Cidade Ônibus na capital. O inventivo foi publicado no Diário Oficial de Campo Grande (Diogrande), no dia 28 de julho. Além da viação Andorinha, a empresa Expresso Mato Grosso, Expresso Queiroz, Expresso Motta, Viação São Luiz, Viação Nova Integração, Viação Umuarama, Viação Cruzeiro do Sul e Agência União Cascavel de Turismo (Eucatur) também serão contempladas com uma área que varia entre 3.100, 94 m² até 17.262, 71 m² de extensão. Além das doações dos terrenos, as companhias de ônibus terão isenção de ISS (Imposto sobre Serviços) da construção, redução de 30% no IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) por três anos, isenção das taxas e do ISSQN incidente sobre as obras de construção do empreendimento incentivado, inclusive as realizadas por terceiros.

O Prodes foi criado para viabilizar o desenvolvimento social, turístico, econômico, cultural e tecnológico de Campo Grande, e, portanto deve apoiar outros setores do comércio e indústria, por meio da concessão de incentivos, instalação de empresas e abertura para prestação de serviços variados. A área será destinada para concentrar a frota de veículos das empresas rodoviárias que atendem a cidade. A ideia da Prefeitura é construir no local um complexo para integrar os veículos em um só lugar, diminuindo o fluxo rodoviário de pelo menos 600 coletivos que cruzam o centro da cidade para chegar até suas garagens. Com o projeto pronto para 2017, o poder executivo deve combater a poluição das principais avenidas, preservar a pavimentação asfáltica e desafogar o trânsito de veículos nos horários de pico.

Cidade Ônibus
O projeto proposto pela prefeitura foi lançado há cinco anos e deve sair do papel em 2016. O investimento total está estimado na casa dos R$ 11,4 milhões e a expectativa da Prefeitura é que o programa gere mais de 1 mil empregos.

Viação Itapemirim vende 40% da frota e se desfaz de 68 linhas

Crise Financeira atinge setor rodoviário.

Crise Financeira atinge setor rodoviário.

A crise financeira está tornando os dias de uma das maiores empresas rodoviárias do Brasil mais difíceis. Com intenção de salvar um pouco do que restou, a auto viação Itapemirim arriscou vender cerca de 40% dos seus ônibus rodoviários, além de abrir mão da operação de mais da metade de suas linhas interestaduais para outra companhia de ônibus, fundada pelo mesmo empresário, em Cachoeiro de Itapemirim. No total, das 118 linhas rodoviárias da “amarelinha”, 68 foram repassadas para a viação Kaissara, ou seja, 57% da fatia de mercado de atuação monopolizado pela Itapemirim, nas últimas décadas. Entre as linhas mais importantes estão os trajetos entre o eixo rodoviário Rio-São Paulo, além de Cachoeiro de Itapemirim ao Rio, e São Paulo a Curitiba.

Com a diminuição na procura pela compra das passagens rodoviárias, as auto viações brasileiras vêm enfrentando muita dificuldade com o aumento nos custos de operação, originados na compra dos pneus, combustível, pedágio e manutenção, enquanto as gratuidades são expandidas e o reajuste no valor dos bilhetes rodoviários não acompanha as despesas. A companhia Kaissara vai operar com 271 ônibus que eram da Itapemirim, além de assumir todas as obrigações trabalhistas de pelo menos mil funcionários que atuavam nas respectivas linhas transferidas. Numa tentativa de salvar a empresa, a fusão com os serviços da empresa Kaissara ajudariam a atrair novos investidores dispostos a creditar em uma nova marca.

Apesar disso, o chefe de operações da empresa rodoviária afirma que no momento as duas empresas trabalharam individualmente, como se fossem concorrentes. Segundo a Itapemirm, a Kaissara ficará integralmente responsável por regular o cumprimento do contrato vigente, respondendo por todo o passado, após a aquisição de parte significativa das 68 linhas rodoviárias. A transportadora ainda afirma que nenhum trabalhador seja prejudicado com a mudança, que é a migração foi pensada para garantir a manutenção de todos os cobradores e motoristas da Itapemirim, que hoje só atenderá 50 rotas rodoviárias. Apesar de afirmar que o número de linhas concedidas à viação parceria representa apenas 40% da frota da Itapemirim, sindicatos acreditam que a mudança chega a impactar em 80% no montante de veículos dispostos pela viação.

Você pode ser um revendedor de passagens da viação Catarinense

Venda passagens rodoviárias da Catarinense.

Venda passagens rodoviárias da Catarinense.

Além das agências de turismo online, interessados na comercialização de trechos rodoviários oferecidos pela viação Catarinense poderão se tornar parceiros comerciais de uma das maiores empresas de ônibus do Brasil. Para se tornar um parceiro da Catarinense é preciso preencher um pequeno formulário com informações pessoais e posteriormente enviar as informações do passageiro e da viagem desejada para realizar as reservas. Todas as passagens rodoviárias reservadas no formato de parceria geram comissões e podem ser visualizadas e controlas através de uma conta administrativa no painel do próprio site da agência. Esse é uma ótima oportunidade pra quem já trabalha com turismo ou entende do assunto e está com a grana curta, já que a auto viação garante que o negócio pode complementar a renda da família, no final do mês. A empresa rodoviária Catarinense atua em várias linhas interestaduais de São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Minas Gerais e Paraná.

Como reservar as passagens rodoviárias?
Depois de ter o cadastro aprovado, o futuro vendedor receberá da empresa um login e uma senha para acessar o painel administrativo do site. Ele é direcionado para uma página exclusiva de onde poderá reservas as passagens de ônibus com cartão de crédito. Assim que o processo de compra é finalizado, um voucher com todas as informações do passageiro e da linha rodoviária é disparado para o e-mail selecionado. O documento não é obrigatório para retirada do bilhete rodoviário no guichê do terminal.

Riscos e Prejuízos
Comprar passagens rodoviárias de terceiro pode se tornar um problema, se o cliente desistir da viagem ou quiser obter informações sobre o serviço. Sem atendimento personalizado e garantidas na confirmação das reservas, quem adquire o serviço de terceiros precisa ficar atento. Os preços cobrados por esse tipo de credenciamento podem ser mais caros do que ir direto ao guichê na rodoviária ou até mesmo escolher a poltrona sem sair de casa, através de sites especializados em viagens rodoviárias. Além disso, é bom saber que nenhuma auto viação se responsabiliza por reservas efetuadas por parceiros e terceiros. Portanto, depois não adianta reclamar!

Viação Real Expresso ganha concorrência na internet

Real Expresso irá competir em linhas interestaduais.

Real Expresso irá competir em linhas interestaduais.

Boa parte das linhas interestaduais oferecidas pela Real Expresso na internet vai ter mais uma concorrente nos próximos dias. Além de disputar a preferência por quem compra as passagens de ônibus, no guichê da rodoviária, a viação Araguarina também está apostando nos e-commerce do setor para fechar o ano com alta na comercialização de bilhetes em longas distâncias. As duas auto viações são bem conhecidas no Triângulo Mineiro, de onde possuem grande operação rodoviária. De lá, o passageiro que quer se deslocar pode comparar os serviços e os preços disponibilizados pelas empresas. Mais tradicional e com maior número de linhas entre os Estados Brasileiros, a viação Real Expresso não será a única opção em trajetos de Goiânia a Brasília, ou de Brasília a Anápolis, disponibilizado pelo Quero Passagem e por outros sites de venda de passagens rodoviárias. Esses destinos passaram a ser oferecidos pela viação Araguarina a partir do dia 12 de maio e devem enriquecer ainda mais a conveniência daqueles que já estão habituados na reserva de passagens pela internet.

Conheça a viação Araguarina
A empresa rodoviária fundada em 1938 com o nome de Expresso Pontal, nasceu com a intenção de atender com excelência, os municípios que fazem parte do Triângulo Mineiro. Dois anos depois de sua fundação, se transferiu de Uberlândia para Araguari. Apesar das origens mineiras, a viação Araguarina tem também forte atuação em Goiás, de onde atualmente vem sendo sediada. Anualmente é capaz de transportar mais de 3 milhões de passageiros. Suas operações rodoviárias ultrapassam 100 viagens de ônibus por ano, através de serviços oferecidos por uma frota de veículos seguros e modernos. Hoje, a auto viação  divide as principais linhas interestaduais da região mineira e goiana. A empresa rodoviária já tem em seu currículo mais de 10 milhões de quilômetros rodados, ligando diversos destinos de Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Tocantins, Rondônia e o Distrito Federal, através de 13 linhas interestaduais e seis linhas intermunicipais no Estado de Goiás. Com a nova integração, será possível reservar passagens até Belo Horizonte, Cuiabá, Brasília, e outras capitais, sem sair de casa.

Viação 1001 oferece ônibus extra em linhas do Rio de Janeiro

Ônibus Extras.

Ônibus Extras.

O feriadão do Rio de Janeiro foi bem aproveitado pela auto viação 1001. Além de ver boa parte de suas passagens rodoviárias, destinadas a embarques da rodoviária Novo Rio, se esgotarem antes da hora, a companhia de ônibus também vendeu mais bilhetes em várias cidades do litoral e da região Serrana do Rio. Só em Nova Friburgo, por onde a auto viação tem várias linhas interestaduais, a rodoviária Sul registrou aumento no fluxo de passageiros, entre os feriados de Tiradentes e São Jorge. No terminal rodoviário da cidade, mais de 2 mil embarques foram registrados pela companhia 1001, entre a sexta e o sábado (18), com destinos a cidade de Rio das Ostras e a capital. Para dar conta desse aumento, a auto viação colocou, no total, 78 veículos em circulação. Cerca de 2,5 mil também utilizaram os serviços da empresa carioca para retornar a rodoviária Sul. Só em Nova Frigurgo, 86 ônibus devem ser vistos na quinta (23), dia em que o estado do Rio de Janeiro comemora o aniversário de São Jorge. A expectativa é que o feriado registre o maior movimento de interessados nas viagens rodoviárias, durante a última semana.

Compras nas Internet
Segundo levantamento feito pelo e-commerce especializado em passagens rodoviárias, o Quero Passagem, o trecho entre Rio de Janeiro e São Paulo foi o mais vendido pela viação 1001, entre os últimos dias. As rotas entre Macaé, Cabo Frio e Búzios são as viagens dentro do Estado com maior procura durante este feriado.

Orientação
Para evitar filas nos terminais rodoviários a orientação é comprar as passagens com antecedência direto do guichê da empresa ou através da internet. Quem for viajar com crianças menores de 12 anos, deve levar a certidão de nascimento ou cópia autenticada do documento para poder embarcar. No Rio, mesmo com a procura intensa pelas passagens, ainda há bilhetes disponíveis para todos os destinos.

Novo Rio
Até o final de semana, mais de 300 mil passageiros devem ser vistos pelas plataformas de embarque e desembarque da rodoviária do Rio de Janeiro.

Retire o bilhete rodoviário no autoatendimento da viação Cometa

Compre suas passagens de ônibus sem sair de casa.

Compre suas passagens de ônibus sem sair de casa.

Sem fila, atraso ou imprevistos. Aproveitar os recursos tecnológicos disponibilizados por uma das maiores auto viações do Brasil promete facilitar a vida de quem está com o próximo embarque rodoviário marcado na agenda. O serviço de reserva pode ser feito inteiramente através de programas de computador, desde a escolha da poltrona e do itinerário, até a retirada do voucher de embarque. Basta ir até o site da empresa ou acessar a página eletrônica de uma agência de turismo para conferir os melhores preços e reservar a passagem, sem sair de casa. Assim como a viação Cometa, que atende rotas entre as regiões Sul e Sudeste do Brasil, muitas empresas do setor já estão integradas na internet. Só no e-commerce especializado em passagens rodoviárias, o Quero Passagem, mais de 40 auto viações estão credenciadas. É uma oportunidade de oferecer as rotas diretamente aos usuários que utilizam o computador, tablete ou celular, com conexão na web.

O serviço pode ser parcelado em cartões de crédito ou débito e é automaticamente finalizado através da confirmação de compra enviada no e-mail do internauta. O documento é dispensável para o passageiro que for retirar o bilhete direto no guichê da auto viação contratada. No momento da compra é preciso apresentar um documento com foto como forma de identificação. Quem ainda não está disposto a se dirigir até o guichê pode utilizar uns dos totens de autoatendimento espalhados nos terminais rodoviários, caso a companhia escolhida for a Cometa. A empresa rodoviária está investindo no recurso eletrônico para agilizar o processo de compra de seus clientes, além de reduzir o tempo de espera dos passageiros, antes do embarque.

Para aproveitar essa comodidade, é preciso localizar a sequencia numérica informada na confirmação de compra. O número é identificado na confirmação de compra como código localizador. Ele deve ser digitado no painel do totem.  O sistema localiza a reserva automaticamente para que o cliente possa verificar se todas as informações estão corretas. Antes de finalizar o processo é preciso informar o número de reserva do bilhete. Daí é só aguardar o aparelho liberar a passagem de ônibus automaticamente.

Viação 1001 investe meio milhão para vender passagem no celular

Quero Passagem lançou aplicativo no começo do ano.

Quero Passagem lançou aplicativo no começo do ano.

Além de receber e realizar chamadas, é possível reservar a passagem rodoviária pelo celular. A tecnologia oferecida no formato mobile é um dos últimos investimentos realizados da viação 1001. Considerada a maior companhia de ônibus do Rio de Janeiro, a empresa desembolsou cerca de R$ 500 mil para oferecer o serviço de reserva que já está disponível na internet, para quem não desgruda do celular. Para poder aproveitar a facilidade, é preciso estar conectado na rede, através de um sistema de navegação compatível com a maioria dos smartphones, como o Android e iOS (iPhone) de qualquer operadora do Brasil. Não é necessário baixar nada, basta acessar na URL de seu navegador, o site oficial da viação 1001.

Na página, o usuário é redirecionado automaticamente para outra plataforma, de onde poderá pesquisar o melhor itinerário e escolher sua poltrona, sem ter de ir até o terminal rodoviário do Rio. Assim que completar a compra, o site envia automaticamente um e-mail de confirmação da compra direto na caixa de entrada do cliente, com o código da compra e todas as informações necessárias para ele fazer a retirada do voucher, no guichê da 1001, pelo menos meia hora antes de viajar. A expectativa da empresa rodoviária é aquecer as vendas online e ampliar o número de reservas em até 25%, depois que os usuários se habituarem ao novo recurso.

Para a direção executiva da empresa, a novidade que facilita a compra dos cariocas, deverá atrair mais interessados para o site da companhia. O dinheiro gasto com a implantação do sistema não deve representar mais de 10% do que a auto viação gastará para modernizar sua frota. Atualmente, a viação 1001 conta com 1100 ônibus, e tem planos de comprar mais 218 novas unidades. A aquisição dos veículos custará para o cofre da empresa, cerca de R$ 100 milhões. Só no estado carioca, a 1001 está presente em 72 municípios. É a recordista quando se compara com outras empresas que atuam na região. Além da grande quantidade de linhas do Rio, a companhia também operação garantida em capitais e grandes cidades de São Paulo, Minas Gerais, Santa Catarina e do Espírito Santo.