Licitação de linhas rodoviárias pode prejudicar viação Itapemirim

Itapemirim vende companhias para quitar dívida.

Itapemirim vende companhias para quitar dívida.

Novas licitações que serão realizadas pelo Governo Federal até final do ano que vem, podem agravar os problemas financeiros de uma das maiores companhias de ônibus do Brasil. Fundada em 1953, a viação Itapemirim corre o risco de perder suas melhores linhas rodoviárias e sofrer baixas em rotas comercializadas com valores das passagens de ônibus acima da concorrência. Com a intervenção do Governo, pelo menos 1600 trajetos de ônibus interestaduais passaram a ser disputados novamente. Ganha o direito de operar em determinado destino, a companhia rodoviária que apresentar o preço da passagem mais barato. Para isso vai ser preciso reduzir as margens de lucro conquistas com a venda dos bilhetes.

Segundo o secretário de Política Nacional de Transportes, Marcelo Perrupato, empresas de ônibus mal gerenciadas e com problemas financeiros dificilmente conseguiram participar da licitação. Apesar de ter transportado mais de 3.2 milhões de passageiros só no ano passado, os prejuízos da companhia Itapemirim ainda são grandes. Desde os últimos dez anos, a empresa vem travando uma verdadeira batalha para quitar uma dívida de cerca de 200 milhões de reais. Em 2013 chegou a desembolsar R$ 37 milhões em juros e encargos e teve que aprender a ligar com as quedas nas vendas das passagens.

De 2007 pra cá, concorrentes como a viação Águia Branca e a Cometa tiveram salto significativo no número de clientes. O reflexo das dificuldades administrativas, já se vê na frota de ônibus, considerada uma das mais ultrapassados do país, com idade média de dez anos. Com medo das mudanças no setor rodoviário, a direção da Itapemirim decidiu se desfazer de parte de seus negócios para tentar se reerguer. Há pouco tempo já vendeu uma garagem que tinha no Distrito Federal, repassou duas empresas de ônibus secundárias a um grupo de investidores, e dispões de dois terminais de carga, localizados no Rio de Janeiro e em São Paulo. Com o dinheiro obtido, a viação pagou parte da dívida e começou a investir em novos ônibus, e outros negócios paralelos. É esperado que ainda no final desse ano, a empresa consiga atingir lucros de R$ 19 milhões.

Expresso Guanabara investe em frota durante baixa temporada

Expresso Guanabara e outras companhia de ônibus estão investindo em novos veículos para viagens interestaduais.

Companhias de ônibus seguem investindo em suas frotas.

Nem mesmo a valorização dos veículos novos com tecnologia adequada para reduzir a emissão de poluentes e a desaceleração prevista na compra de passagens de ônibus, fez com que a Expresso Guanabara e outras companhias de ônibus concorrentes deixassem de investirem em suas frotas.
Depois que as mudanças nos escapamentos dos veículos entraram em vigor, a Anfavea, detectou queda de 9,6% nas compras e financiamentos feitos por empresários do setor rodoviário brasileiro. E só agora viu sinais de melhoras com ajuda de juros mais acessíveis e facilitação nas formas de pagamento dos veículos.
Em contrapartida, 2 novas mil linhas interestaduais e até fora do Brasil foram licitadas recentemente pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). O aumento nos serviços favoreceu a renovação das frotas, mesmo que tenha sido feito em menor proporção.

A Expresso Guanabara, que atua nas regiões Norte e no Centro-Oeste do Brasil, sendo uma das maiores do Nordeste, adquiriu vários ônibus do modelo Paradiso, da geração sete (G7). Os veículos são os primeiros da frota a apresentarem tecnologia com três eixos. Com informações da montadora Marcopolo é possível saber que a Guanabara não está sozinha nesse quesito. Outras empresas também mostram estar dispostas em qualificar seus serviços e adquirir veículos de última geração com modelos e configurações variadas para cativar os passageiros.
Em circulação desde 1992, a auto viação Expresso Guanabara é tradicional por renovar sua frota com frequência.

Todos os coletivos são rastreados via satélite e passam por manutenções preventivas.
Nas suas viagens rodoviárias são oferecidos ônibus do tipo Convencional, Executivo e Leito. No próprio ônibus convencional da empresa, há ar condicionado, banheiro químico e até poltronas reclináveis.
A diferença para o modelo executivo está no número de assentos, no encosto para as pernas e na diminuição de vezes em que os ônibus param durante a viagem.
Quem preferir embarcar em um dos veículos do tipo Leito viajará em um ônibus com menos lugares, mais conforto e serviços exclusivos que incluem DVD, manta, água mineral e fileira individual. Além das rotas tradicionais, é possível viajar com a Expresso Guanabara para o Recife, Teresina, Belém e Brasília.

Companhias de transporte, parceiras dos esportes no Brasil

As companhias de transporte estão juntas dos atletas brasileiros há muitos torneios e campeonatos regionais, nacionais e internacionais. O comprometimento é total com delegações inteiras, onde o profissionalismo é realmente reparado nestes eventos. Muitas vezes é um amigo que passa despercebido diante comentários e vídeos televisivos. O basquete, o vôlei, o futebol e o atletismo são bons exemplos. A segurança passada pelos esportistas é confiada aos fãs e profissionais que atuam sempre em linhas rodoviárias.

A publicidade passada por estes carros é associada a uma certeza de embarque ou desembarque. Os bilhetes de viagens podem ser comercializados frequentemente por agencias de turismo on-line, sempre em parceria com as auto viações, movimentando um enorme fluxo aumentado com as facilidades de comunicação refletidas nesse século XXI, expondo a internet e vantagens de parcelamentos em cartões de créditos. No momento, as transportadoras de turismo esportivo se preparam para irem se adequando em comportar uma gama maior como os eventos da Copa do Mundo 2014 e Olimpíadas 2016 no Brasil, aonde por estradas irão centenas de torcedores, turistas, esportistas e toda comissão televisiva, técnica e demais interessados. Com os novos investimentos feitos como na Cometa, Itapemirim, 1001 e Águia Branca, a certeza de poder ver de perto todos esses espetáculos será realizada certamente com muita competência.

Os jogos nacionais são exemplos destas fortes alianças e íntegras nos clubes de pequeno e médio porte, espalhados pelo Estado. A concentração especialmente pelas disputas interestaduais confirma a participação constante dessa ponte rodoviária garantida. O entusiasmo passado por estes atletas é totalmente assegurado pelas companhias, desempenhando anos de tradição. A presença e tranquilidade são aspectos fundamentais nos resultados das disputas. A medida na qual o Brasil avança na economia, aumenta a cobertura pelas auto viações e a fusão com o meio esportivo. As auto frotas aproveitam esses momentos, pois a televisão e outros meios podem mostrar suas novas rodonaves e todas novas alterações. Associar essas marcas com o evento impulsionam torcedores viajando em ônibus e outros interessados em viajar na mesma estabilidade por estes grandes nomes e estarão procurando externamente estes expressos em suas próximas viagens, potencializando o impacto das empresas responsáveis, e aumentando a lembrança e confiança dos novos interessados.

Empresas de ônibus – o transporte mais usado no Brasil

Acesso. Essa é a chave para as empresas de ônibus de todo Brasil poderem se glorificar como referencia de transportes no país. Diferente do sistema aéreo, as possibilidades de se chegar a mais destinos é maior pelas auto viações, constatando o tipo de locomoção fazendo parte da vida cotidiana do brasileiro. Com metas e horários sempre realizados, podemos dizer que o fluxo de passageiros tem aumentando nos últimos anos, ganhando maior força pela crise das aviações e aeroportos, muitos acidentes nos quais chocaram a nação, denúncias sobre falta de manutenção de aeronaves e valores altos dos bilhetes. Campanhas também sobre os perigos de dormir ao volante, blitz de policias rodoviárias e stress fazem pessoas abandonarem seus carros e optarem por uma viagem tranquila.

As companhias transportadoras operam com uma grande frota de veículos, presentes em mais de 80% do território nacional, com muitas unidades disponíveis, em classes convencionais, executivas e GTV (veículos luxuosos mistos), além de disporem de unidades para fretamentos. A estabilidade do setor se remete em poder levar pessoas de localidades pequenas para médias e grandes cidades, fazer viagens interestaduais, cruzar o país, levar brasileiros para nações da América do Sul e vice-versa. São muitos viajantes, muitos horários, extensa rede de funcionários, operando suas trajetórias com qualidade, segurança e conforto.

Nesse ano de 2012, muitos investimentos foram e estão sendo feitos para modernizar ainda mais as linhas rodoviárias, tal qual novas carroçarias, novos chassis e tecnologia atual, sistema de internet em rede para uso de computadores, celulares, tablets e outros dispositivos móveis para uso interno nos ônibus rodoviários. Melhorias em equipamentos para emissão de menos poluentes e reutilização de fluidos também fazem parte dessas novas disposições, especialmente pelas grandes potencias do ramo como Expresso Guanabara, Águia Branca, Catarinense, empresas do Grupo JCA, dentre outras. A expectativa das futuras realizações de Copa do Mundo 2014 e Olimpíadas 2016, já fazem parte do marketing destas companhias, instintivamente em poder oferecer para apreciadores e estrangeiros seus serviços com total excelência, aproveitando a estadia para deslocar muitos para as cidades-sede dos eventos esportivos, oferecer outros pacotes de turismo (afinal irão querer conhecer mais o nosso Estado) e realizar os itinerários dos jogos e competições, competindo com o transporte por aviões.

Auto viações Macaense, 1001, Costa Verde e UTIL atuando mais pelo litoral fluminense

No estado fluminense, com o interesse econômico voltado todo para a Região da Bacia de Campos, ao norte, Macaé, assumiu uma grande porta de entrada de empresários no local, proveniente de destinos para o trabalho com novas possibilidades, residências também para moradias, no turismo e toda participação possível de empresas de transporte, entrega, alimentação, comunicação, mídia jornalismo, entre diversas de serviços. Na região do litoral sul do estado do Rio de Janeiro, como em Angra dos Reis e Parati já encontramos outra movimentação com pontos turísticos, interando em trazer pessoas de ônibus rodoviários vindos da capital e interior, de diversas partes do Sudeste, do Brasil e do estrangeiro.

As auto viações Macaense, 1001 e Costa Verde e UTIL interam as mais responsáveis que fazem a ligação com cidades desse litoral e de outros como Espírito Santo e São Paulo. São empresas que desde a década de 1970 já respondem pela união de destinos com muitos passageiros que utilizam seus itinerários com muita segurança e qualidade da atenção por toda a estada. A certeza de uma boa jornada impulsiona o comércio praiano também fortemente presente na paisagem litorânea deste estado, chamando muita atenção para um estilo mais rústico nas belezas das cidades com suas praias e na alegria estampada nos rostos dos habitantes. As artes e artesanato dobram a atenção para muitos admiradores de artes em diversas formas. Contando com isso tudo, o número de viajantes somente aumenta, reflexos que as companhias de viagens rodoviárias vão melhorando e ampliando progressivamente suas frotas, sempre oferecendo mais comodidade.

O aumento de postos de trabalho sempre traz grandes mudanças nos perfis dos municípios, com certeza. As pessoas com mais remuneração, podem desfrutar de viagens para conhecer novos locais, no caso de mais possibilidades para jovens também de melhorarem seus passeios de finais de semana, férias ou feriados. A empresa 1001, também faz a ponte para trazer pessoas que nunca viram o mar, como é o caso de alguns tripulantes que saem de Minas Gerais, fazendo rotas pelas rodovias interestaduais, melhorando esse eixo rodoviário, aproximando as culturais e os contatos profissionais. Sua frota de ônibus é premiada e famosa, tendo total certeza de agradecimento pelos aposentados, estudantes, trabalhadores e pessoas em recesso.

fiscalização no uso de cintos em ônibus rodoviários

O cinto de segurança é obrigatório em viagens rodoviárias, sendo mais fiscalizado agora pelas empresas de auto viações, após denúncias de reportagens televisivas. A grande concentração de ônibus rodoviários é principalmente nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil, indo ao encontro com os eixos do Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro, onde estão a maioria das pessoas, muitas oportunidades de trabalho, tudo proporcional ao poder aquisitivo maior, na média de cada cidadão. Em decorrência desse fato, quanto mais possibilidades, mais possíveis erros, logicamente. As companhias de transporte por rodovias e estradas sabem que a fiscalização não é realizada em postos policiais, mas sabem que devem zelar pela melhor qualidade em seu trabalho. As rodoviárias também sabem do poder e atitude de sempre dispor mais conforto e qualidade para os usuários, em principal, por isso se interam em cobrar das agencias transportadoras e não permitir essas más práticas no ambiente do terminal, que não ocasionam maiores vantagem para a administração do lugar.

A empresa Cometa e Costa Verde já se põe a frente na manutenção do interior dos seus coletivos, na verificação dos cintos de segurança, se estão disponíveis para uso ou não, se precisam ser trocados ou feitos ajustes. Com a iniciativa, antes de saírem das garagens os veículos já são vistos por funcionários, chegando à estação, onde após a entrada e acomodação dos passageiros, agora o motorista pede para todos atarem os cintos, como em viagens aéreas e confere essa realização e conta as pessoas sentadas. A qualidade e conforto são primícias de retorno do viajante em futuras oportunidades. Se antecipando, as viações não embarcam sem higienização dos assentos, banheiro e piso civilizados, realizada por outro time de funcionários. A parte elétrica também foi revista, principalmente em ônibus executivos e leitos, daquelas luzes individuais flexíveis acima dos bancos, dos monitores e demais luzes no corredor e outros compartimentos, sabendo que para cada cliente não podem estar queimadas ou com mau contato, atrapalhando a estada pessoal, em ocasiões de leituras, assistir filmes, acessar mídias, jogos, apostilas de estudo, material do trabalho ou precisar de iluminação para encontrar objetos em bolsas durante a viagem.

As 5 melhores auto viações do Brasil

O Brasil é um país emergente, uma economia crescente na visão de outros países, tendo muito investimento constantemente feito por estrangeiros, na função das possibilidades oferecidas no país. O Brasil possui uma rota de consumo cada vez mais valorizada, onde empresas ganham em diversos pontos. O mercado de turismo no país é um propulsor dessa motivação, com especial destaque para as companhias de transportes rodoviários, que tem ganhado prestígio nos últimos tempos, sejam para viagens de férias ou a trabalho, muitos passageiros fazem opção pelos ônibus, os quais tem sempre horários de saída confiáveis e precisos, como é o dia-a-dia das pessoas.

Ao decidir viajar com as transportadoras, saiba de antemão que a auto viação Expresso Catarinense, o Grupo JCA (1001 e Cometa), Itapemirim, Guanabara e Nacional Expresso são as 5 melhores entidades no setor. Essas empresas atuam no setor há mais de 30 anos, garantindo satisfação de seus clientes, que já fazem da marca parte de suas vidas. Com as maiores frotas de veículos e cobertura de rotas pelas principais rodovias, estas integram as regiões dos países, fazendo continuamente um árduo trabalho, que garante o sucesso de outros negócios no Brasil e países da América do Sul.

As auto viações prestigiam suas conquistas, cuidando sempre do bem-estar dos passageiros e veículos usados, certificando-se de dispor de mais de 1000 destinos para diversas rodoviárias brasileiras. As principais cidades são acessíveis por estas companhias, sejam para o interior, regiões serranas, litorâneas ou pantaneiras você pode se deslocar de uma região para outra ou até cruzar do Nordeste para o Sul.

O atendimento é o principal diferenciador de todos os serviços. Os viajantes de ônibus podem sempre se lembrar de um fato no itinerário: pontualidade, a qual muitos prêmios já foram incentivados por estas práticas, como também todo o trabalho de conscientização do seu papel no ramo rodoviário e com a sustentabilidade. Sempre com uma malha com veículos novos e carrocerias inovadas, dando jus a tecnologia. A grande certeza de poder comprar sem sair de casa um bilhete para uma cidade escolhida é uma facilidade disposta por estas grandes marcas e agencias de turismo on-line, oferecendo já as localidades disponíveis com o número de poltronas livres, em muitos casos. Se for viajar, não se esqueça de verificar a auto viação e na dúvida entre 2 empresas, observe se uma delas não é uma das 5 melhores companhias de transportes rodoviários nacionais.