Mais de 80% dos paranaenses aprovam o transporte rodoviário

Com uma grande satisfação, mais de 80% dos paranaenses aprovam o transporte rodoviário interurbano, onde Paulo Milani, responsável pela DER (Departamento de Estradas de Rodagem) do estado, pode responder com toda a tranquilidade sobre a pesquisa efetivada entre março e abril (5000 pessoas), apontando os serviços de viagens do Paraná muito bons, tendo ainda 21% respondido não existir reclamações para os ônibus rodoviários. Essa avaliação mostrou ainda que as chateações maiores são de 26% com os valores dos bilhetes rodoviários altos e 18% ressalvando novos horários e mais números de coletivos estando à disposição para destinos regionais. De acordo com estas informações, o DER já se qualificou em adequar-se a um novo projeto, no qual irá contratar mais empresas para surgir uma carga de horários maior e futuras rotas.

Com o surgimento de mais auto viações atuando no mercado de transportes deste lugar, a oferta e a concorrência devem aumentar, deixando os passageiros com mais opções de companhias, saídas, promoções e preços menores. Nos dias atuais estão presentes 49 transportadoras viajando por 700 linhas em excelentes carros, com assentos superconfortáveis e refrigeração em quase toda a frota. As pessoas sempre souberam da qualidade oferecida, mas com a valorização do mercado aéreo no começo de 2000, muitos migraram para este sistema onde uma readequação de mais de 5.0000.000 de pessoas teve de ser repensada, mais uma vez.

Os preços das passagens aéreas já não são tão atraentes como antes e o atendimento costuma ter esperas em aeroportos e horários não são pontuais; nunca há realmente um controle. No caso das viagens rodoviárias, a precisão com horários de embarque e desembarque é sempre feita, sendo uma tradição já conhecida há muitas décadas. A rapidez nos procedimentos e a saída dos veículos pelos funcionários são sempre imediatas. É apostando nisso que o crescente deslocamento deve ser confirmado pela satisfação e as comodidades oferecidas, como modernas embarcações com mais horários noturnos (ir dormindo), sistemas de Wi-Fi, monitores de LCD e unidades com serviços de 1ª classe e executivo (Double Deck) são exemplos das inovações em que as empresas tendem a ofertar para os próximos tempos.