Ônibus Itapemirim completa 60 anos de atividades

 60 anos viação Itapemirim

A empresa de ônibus Itapemirim está completando 60 anos de atividade com intensa participação no crescimento do Brasil em 2013. Para celebrar a data simbólica, o departamento comercial da companhia resolveu adesivar alguns de seus ônibus com pinturas que lembram os antigos modelos de sua frota e contam um pouco da trajetória de empreendedorismo na viação. Os adesivos são reproduções de 1958, com o primeiro modelo estampando o nome da empresa na lataria, 1966, ano que em a Viação Itapemirim abre novos rumos em seu negócio empresarial, apresenta o Monobloco O-326 e a pintura na data anual de 1989 lembrando o mesmo designer da Scania K 112 CL, na década mais marcante para a Itapemirim, quando em 1980 consegue a licitação para operar a importante linha no eixo Rio – São Paulo e passa a ter forte influencia no cenário dos transportes rodoviários do Brasil.

Foi nesta data que uma das companhias de ônibus mais conhecida no país instalou a Camilo Cola, uma montadora de carroceiras responsável pela produção dos veículos operantes pela Itapemirim. A empresa terceirizada era um recurso que tornava os serviços da transportadora diferenciados da concorrência. Mas foi só no final dessa década que o conceito Tribus, com tração em três eixos passou a funcionar. A auto viação Itapemirim é até hoje reconhecida pelas suas inovações no setor rodoviário. A rodomoça, espécie de aeromoça dos ônibus e o tacógrafo que monitora o tempo de uso, a distância percorrida e a velocidade dos veículos foram novidades apresentadas pela empresa.

Hoje, o tacógrafo, por exemplo, é item obrigatório para veículos de grande porte. Além de estar sempre à frente da concorrência, a Itapemirim também marcou historia de muitos brasileiros. Segundo a gerência comercial da corporação, a pintura tem agradado e feito os passageiros se lembrarem do passado. Assim que os adesivos foram colados nas auto frotas, muitos comentaram a respeito. Os motoristas e quem trabalham no guichê são os que mais ouvem os elogios. Essa foi à forma que a empresa encontrou de homenagear seus antigos e novos passageiros e os fanáticos por ônibus, chamados de busólogos.