Viação Itapemirim terá de pagar R$ 200 mil de indenização

Família de passageiro morto indeniza viação Itapemirim.

Família de passageiro morto indeniza viação Itapemirim.

A viação Itapemirim está sendo obrigada pela Justiça, a pagar R$ 200 mil de indenização à filha de um passageiro morto durante acidente de trânsito no município de Barro, a 451,8 km de Fortaleza. A tragédia aconteceu em 2004, ainda quando o estudante tinha 24 anos e estava a caminho da nomeação de um concurso que havia prestado e passado para Polícia Militar. Na ocasião, o ônibus trafegava pela BR 116 quando o motorista perdeu o controle de direção e caiu no açude chamado de Cipó. O acidente resultou na morte do jovem e de outras 42 pessoas. De acordo com determinação da justiça, além do valor contabilizado, correspondente a danos morais, a auto viação também deverá pagar uma pensão mensal de dois salários mínimos até a filha da vítima completar 25 anos, em 2026.

A filha, representada pela mãe recorreu os diretos na justiça pedindo indenização moral e material e tutela antecipada para que a companhia Itapemirim fosse obrigada a pagar pensão mensal. A processante declarou que ela e a filha possuem baixa renda e dependiam do sustento do pai. Mesmo diante dos fatos, a empresa de ônibus tentou se librar do processo, alegando não ter responsabilidade pelo acidente, solicitando improcedência. No processo concedido pelo juízo da 23ª Vara Cível de Fortaleza além do pagamento de dois salários mínimos e pensão em 2006, e mais o valor referente a danos morais, estava outra quantia de R$ 229.736,01 em reparação material. A companhia de transporte rodoviário interpôs apelação e destacou que o laudo do Instituto de Criminalística da Secretaria de Segurança Pública do Estado atestou que o acidente não foi de responsabilidade da empresa.

Foi por isso, que a tutela foi concedida em parte e o cumprimento dos danos matérias foi afastado pela 3ª Câmara Cível, sob relatoria do desembargador Washington Luís Bezerra de Araújo, que manteve parte da sentença. A viação mais antiga do Brasil afirma que não tem o dever de indenizar a família e considerou os valores apresentados, bem abusivos. A opinião também foi compartilhada em partes pelo magistrado, quem disse não ser coerente que a denunciante obtenha dupla reparação, podendo configurar enriquecimento sem causa.

Atraso em viagem da viação Itapemirim gera indenização

Viação Itapemirim foi condenado por atraso.

Viação Itapemirim foi condenado por atraso.

A viação Itapemirim foi condenada pela juíza do 7º Juizado Especial Cível de Brasília a pagar a um passageiro valor a título de indenização por danos morais. Segundo consta na sentença, a auto viação teria atrasado mais de cinco horas na chegada ao destino, prejudicando o compromisso que o usuário teria em Belo Horizonte. O passageiro embarcou em um ônibus da Itapemirim do terminal rodoviário de Brasília com destino a capital de Minas Ferais para participar da XXX Edição dos Jogos Acadêmicos de Policiais e Bombeiros Militares do Brasil. Para azar do participante e da própria empresa de ônibus, o veículo apresentou falha mecânica e só desembarcou na rodoviária de Belo Horizonte mais de cinco horas depois do previsto.

Com o atraso, o passageiro não chegou ao evento a tempo e teve sua participação cancelada. Livre para apresentar sua contestação de defesa, em um prazo determinado, a companhia rodoviária Itapemirim, se calou, dando veracidade aos fatos apresentados pelo cliente. Para o juiz, os problemas apresentados na operação do veículo, que ocasionaram no longo atraso até o desembarque programado, frustrou a expectativa do consumidor de obter a prestação de serviço conforme previsão inserta no contrato de transporte. É por isso, que ficou evidenciada a falha na prestação de serviços e o passageiro deverá ser indenizado, segundo artigo 14 do CDC – Código de Defesa do Consumidor. Segundo o artigo, o correto é ressarcir o passageiro pelos prejuízos por ele sofridos.

O processo também se apega no fato de que, conforme foi percebido o problema, durante a viagem rodoviária, há medida em que o atraso ia aumentando, o passageiro passou a sentir ansiedade, angústias, inseguranças, aflição e desconforto que ultrapassam a esfera da normalidade, atingindo os direitos de personalidade do autor, razão pela qual a condenação da requerida a reparar o dano moral por ele sofrido é medida que se impõe. Diante dos fatos, a empresa rodoviária deverá pagar uma boa quantia imposta por lei. Se a moda pegar, essa e outras companhias de ônibus podem ter problemas, já que falhas mecânicas são comuns quando se opera em linhas interestaduais de longa distância.

Viação Itapemirim investe em “Rodonaves” para atrair clientes

Itapemirim adquire 15 Rodonaves.

Itapemirim adquire 15 Rodonaves.

Até o final do ano 15 ônibus do tipo “Rodonaves” da viação Itapemirim devem começar a circular pelas ruas do Brasil. Oito deles devem chegar em breve para compor a frota rodoviária que vem passando por modernizações a fim de atrair mais clientes. Além da ampliação dos serviços e da melhora no atendimento, a aposta para competir com linhas aéreas e empresas de aviação que desde 2001 são responsáveis por consumirem boa parte das viagens interestaduais realizadas no Brasil, está na qualidade da própria frota. É dela que grandes companhias rodoviárias, que operam em linhas de longa distância, estão conseguindo se destacar, já que o preço entre as concorrentes é bastante competitivo.

Para melhorar a qualidade das viagens noturnas, a companhia Itapemirim, uma das maiores companhias de ônibus do País, responsável por integrar o eixo Rio-São Paulo, decidiu priorizar os investimentos com ônibus do tipo leito. Eles são mais sofisticados, contam com poltronas-camas individuais e atendimentos de bordo. Sete deles já estão disponíveis em linhas servidas pela empresa “amarelinha”. Em nota, a empresa de ônibus afirmou que os veículos estão sendo adquirido para realizar linhas regulares com mais conforto e inovação. Todos são equipados com poltronas confortáveis, sendo cinco poltronas individuais “camas” com descanso para as pernas. Quem comprar as passagens de ônibus da Itapemirim também se depara com menor ruído interno, kit lanche personalizado, água gelada, pontos de energia espalhados no interior do veículo, ar-condicionado individual e ecológico, internet Wi-Fi e sistema de rastreamento do ônibus.

Mesmo passando por problemas financeiros, a Itapemirim sempre está disposta a inovar para acompanhar o comportamento de seus usuários. O modelo apresentado pela empresa disputa com os ônibus Double Decker da viação Cometa, um dos modelos mais modernos da concorrente. O ônibus de dois andares possui ar-condicionado, poltronas reclináveis, serviço de bordo e internet sem fio. A empresa São Geraldo e Penha também integram a lista das companhias rodoviárias com a viação 1001, que já contam o este tipo de serviço.

Licitação de linhas rodoviárias pode prejudicar viação Itapemirim

Itapemirim vende companhias para quitar dívida.

Itapemirim vende companhias para quitar dívida.

Novas licitações que serão realizadas pelo Governo Federal até final do ano que vem, podem agravar os problemas financeiros de uma das maiores companhias de ônibus do Brasil. Fundada em 1953, a viação Itapemirim corre o risco de perder suas melhores linhas rodoviárias e sofrer baixas em rotas comercializadas com valores das passagens de ônibus acima da concorrência. Com a intervenção do Governo, pelo menos 1600 trajetos de ônibus interestaduais passaram a ser disputados novamente. Ganha o direito de operar em determinado destino, a companhia rodoviária que apresentar o preço da passagem mais barato. Para isso vai ser preciso reduzir as margens de lucro conquistas com a venda dos bilhetes.

Segundo o secretário de Política Nacional de Transportes, Marcelo Perrupato, empresas de ônibus mal gerenciadas e com problemas financeiros dificilmente conseguiram participar da licitação. Apesar de ter transportado mais de 3.2 milhões de passageiros só no ano passado, os prejuízos da companhia Itapemirim ainda são grandes. Desde os últimos dez anos, a empresa vem travando uma verdadeira batalha para quitar uma dívida de cerca de 200 milhões de reais. Em 2013 chegou a desembolsar R$ 37 milhões em juros e encargos e teve que aprender a ligar com as quedas nas vendas das passagens.

De 2007 pra cá, concorrentes como a viação Águia Branca e a Cometa tiveram salto significativo no número de clientes. O reflexo das dificuldades administrativas, já se vê na frota de ônibus, considerada uma das mais ultrapassados do país, com idade média de dez anos. Com medo das mudanças no setor rodoviário, a direção da Itapemirim decidiu se desfazer de parte de seus negócios para tentar se reerguer. Há pouco tempo já vendeu uma garagem que tinha no Distrito Federal, repassou duas empresas de ônibus secundárias a um grupo de investidores, e dispões de dois terminais de carga, localizados no Rio de Janeiro e em São Paulo. Com o dinheiro obtido, a viação pagou parte da dívida e começou a investir em novos ônibus, e outros negócios paralelos. É esperado que ainda no final desse ano, a empresa consiga atingir lucros de R$ 19 milhões.

Veículo da Viação Itapemirim pega fogo na linha SP x Rio

Viação Itapemirim

Apesar da pane, veículo foi fabricado no ano passado.

Cerca de 30 passageiros que estavam a bordo de um dos ônibus da Viação Itapemirim tiveram que abandonar a viagem rodoviária antes mesmo de chegar ao seu destino final.
Uma suposta pane elétrica provocou o incêndio no veículo que operava a linha entre um dos trechos mais movimentados do Brasil, no Km 319 da Rodovia Presidente Dutra, na altura de Itatiaia e antecipou a parada de todos que estavam viajando. Segundo relatos da equipe da concessionária Nova Dutra, empresa que administra a rodovia de onde aconteceu o acidente, o motorista e os tripulantes conseguiram sair ilesos, antes que o fogo tomasse conta do interior do veículo.

Quem vinha sentido São Paulo com destino para o Rio de Janeiro, parou para acompanhar a ação do Corpo de Bombeiros, que apagou as chamas evitando riscos aos demais automóveis que trafegavam pela estrada.
De acordo com alguns passageiros, ocupantes do ônibus sentiram cheiro de fumaça vindo dos fundos do coletivo, quando o ônibus estava passando pelo pedágio que corta Itatiaia. Foi ai, que o motorista decidiu encostar o veículo em uma área segura para realizar o desembarque dos passageiros. Mesmo assim, o fogo se alastrou pelas imediações do veículo, obrigando o motorista parar com o veículo no meio da pista de acesso até a cidade mais próxima.
Todos os passageiros do coletivo foram até um restaurante que fica nas proximidades. Ninguém ficou ferido, conforme informação do corpo de bombeiros.

Testemunhas acreditam que o ônibus pegou fogo por causa de uma pane elétrica.
Homens do 23º Grupamento de Bombeiro Militar (GBM) de Resende utilizaram três viaturas para conter as chamas.
Policiais da 7ª Delegacia de Polícia Rodoviária Federal (PRF) e do 37º Batalhão de Polícia Militar (BPM) também participaram da ação com a intensão de estabelecer a segurança daqueles que passavam pelo local.
O trecho da rodovia ficou interditado por cerca de duas horas. Neste período, o fluxo de veículos foi desviado através de uma das pistas auxiliares da Dutra.
O veículo que foi fabricado no ano passado e ficou totalmente queimado, também foi removido do local.
A companhia de ônibus não se manifestou sobre o fato.

Nova frota da viação Itapemirim beneficia mulheres a bordo

Viação Itapemirim investe em nova frota de veículos para se destacar da concorrência em 2014. Veículos oferecem dois sanitários , com uso exclusivo para mulheres.

Banheiro exclusivo para mulheres

Por causa da competição desigual no preço das passagens rodoviárias entre a concorrência e a variação nas tarifas aéreas, empresas de transporte coletivo que interligam os estados brasileiros, irão apostar tudo o que têm em suas frotas, durante esse ano. Veículos novos, mais modernos e cheios de equipamentos que permitem uma viagem de ônibus mais confortável deverão ser vistos com mais frequência nas rodovias do Brasil.
A mudança aguardada para acontecer gradativamente, é o reflexo de sobrevivência no mercado de transporte rodoviário intermunicipal e interestadual, responsáveis por longas linhas. Já que a disputa pelos passageiros de ônibus não acontece apenas entre as próprias companhias de transporte, mas também divide uma fatia com as viagens de avião e o mercado de fretamento e turismo irregular.

Quem é dono de uma companhia dessas tem que aprender a conviver e competir com as promoções e os preços acessíveis nas passagens de avião, que dos últimos anos passou a roubar muitos clientes do setor rodoviário. O livre acesso para adquirir um carro de passeio também tem prejudicado os coletivos de viagem.
Até o transporte clandestino, que põe a vida do passageiro em perigo e vende bilhetes de ônibus para veículos em péssimas condições, ainda conquistam boa parte dos turistas, por causa dos preços mais acessíveis.
Por esses e outros motivos, empresários se viram na obrigação de investirem em suas frotas, adequando suas operações e melhorando o atendimento, além de trabalhar com mais tecnologia e facilitar a compra das passagens pela internet.

Para se diferenciar da concorrência durante este ano, a viação Itapemirim, que opera em rotas de longa distância e cobre ao menos 70% de todo território nacional, comprou um lote de ônibus, totalizando 150 novos veículos.
Todos eles garantem uso de um sanitário exclusivo para uso das mulheres. No total, segundo a companhia, toda a frota terá dois banheiros à disposição dos passageiros.
Os novos modelos possuem a carroceria da Marcopolo Paradiso Geração Sete, que também se preocupa com o meio ambiente.
Passageiros que embarcarem nos ônibus convencionais poderão desfrutar de um dos 42 lugares disponíveis, acessar a internet gratuitamente e curtir a paisagem através das janelas panorâmicas.

Viação Itapemirim reforça frota com ônibus de luxo

Viaçao itapemirimQuem precisa viajar para outro estado do Brasil e não tem dinheiro para comprar uma passagem aérea com antecedência, não vai ter do que reclamar caso embarque em um dos novos ônibus adquiridos pela viação Itapemirim.

A companhia de ônibus famosa por atender praticamente todo o território nacional através de linhas entre estados brasileiros acabou de adquirir 50 unidades dos veículos rodoviários do modelo Paradiso 1200, geração 7. Os novos coletivos são fabricados pela Marcopolo e foram encomendados com aplicação sobre chassi Mercedes-Benz O500RSD. Além de serem modernos e velozes, os novos veículos chegaram para trazer mais comodidade e luxo aos passageiros que escolherem a companhia na hora de comprar suas passagens de ônibus seja por sites de compras coletivas ou até mesmo nos guichês.

A viação Itapemirim apresentou uma série de exigências que deveriam estar presentes na fabricação dessas unidades e surpreendeu o público. Entre as configurações exclusivas do modelo que foram aplicadas dentro do ônibus, está à construção de dois banheiros com identificação particular, um é apenas usado para os homens e outro para as mulheres. A capacidade de lotação é de 42 passageiros que devem viajar longas horas tranquilamente, já que o Paradiso 1200 oferece poltronas semileito de mais de mil mm de largura, o que possibilita mais espaço e acomodação entre os lugares.

Todas as unidades contam com sistema de calefação, possuem ar condicionado e são construídos com janelas nas laterais com vidraças embutidas. É possível também, assistir um filme e ouvir a música favorita com o sistema de áudio individual e os três monitores que foram colocados dentro dos coletivos.

Os Paradiso 1200 foram criados especialmente para viagens interestaduais e por isso apresentam muitas qualidades. Neste modelo não é só os passageiros que saem ganhando. Os motoristas da viação Itapamirim poderão monitoram toda a parte funcional do veículo e prever possíveis falhas direto do painel de controle, instalado na cabine.

Para a direção de operações comerciais da Marcopolo, fabricante que comercializou os coletivos a Itapemirim, a instalação dos banheiros vai beneficiar muito as mulheres, já que merecem um local exclusivo.

Itapemirim passagens faz parceria com Arquidiocese de SP

Itapemirim passagens  Arquidiocese

A empresa Itapemirim passagens firmou uma parceria profissional com a Arquidiocese de São Paulo para oferecer um serviço de transporte especial aos católicos do Rio de Janeiro durante a 28ª Jornada Mundial da Juventude. O evento promovido pela igreja católica acontece entre os dias 23 e dia 28 de julho e deve movimentar cerca de dois milhões a 2,5 milhões de pessoas. A viação Itapemirim vai operar as linhas em novos horários para anteder os passageiros que forem até o evento. Todos os embarques feitos nas rodoviárias terão como destino incomum a rodoviária carioca. A logística conta com os expressos e horários extras, orientadores contratados pela companhia para ajudar a guiar os turistas, e profissionais bilíngues que possam traduzir as conversas de quem vem de fora do país. Para a jornada é aguardada a presença do papa Francisco, Jorge Mario Bergoglio, e de comissões católicas vindas de vários países.

Segundo a empresa de viação, 31 veículos a mais estarão à disposição para transportar os passageiros de São Paulo até o Rio de Janeiro e vice versa. Apesar disso, o número da frota adicional pode aumentar caso a Itapemirim considere necessário. Mesmo com a mudança nos horários e no aumento de coletivos de viagens operantes durante os dias da celebração religiosa, os preços cobrados pelas passagens não serão alterados. Aliás, as tarifas podem ser parceladas e não terão reajustes. As vans em fretamento, estacionamento de transporte rodoviário e circulação de carros devem ficar atentos com as restrições impostas pela Prefeitura do Rio de Janeiro. A medida é uma forma de prevenir tumultos e acidentes de trânsito enquanto acontece a jornada.

Veículos que fazem parte das linhas regulares estão com o acesso livre até a rodoviária Novo Rio. A parceria entre a entidade religiosa e a empresa rodoviária não prevê fretamento para atender os passageiros. Segundo a viação Itapemirim apenas as passagens rodoviárias é que são comercializadas. Assim como acontece com as linhas convencionais, para adquirir os bilhetes há duas opções, sendo de forma individual ou em grupos. Para aqueles que irão viajar para ver a visita do papa poderá conseguir mais informações pelo telefone da Itapemirim, no (11) 2146-8470 ou no e-mail jmj.juventude@itapemirimcorp.com.br. Os canais de comunicação foram criados exclusivamente para atender o evento.