Empresas de ônibus – o transporte mais usado no Brasil

Acesso. Essa é a chave para as empresas de ônibus de todo Brasil poderem se glorificar como referencia de transportes no país. Diferente do sistema aéreo, as possibilidades de se chegar a mais destinos é maior pelas auto viações, constatando o tipo de locomoção fazendo parte da vida cotidiana do brasileiro. Com metas e horários sempre realizados, podemos dizer que o fluxo de passageiros tem aumentando nos últimos anos, ganhando maior força pela crise das aviações e aeroportos, muitos acidentes nos quais chocaram a nação, denúncias sobre falta de manutenção de aeronaves e valores altos dos bilhetes. Campanhas também sobre os perigos de dormir ao volante, blitz de policias rodoviárias e stress fazem pessoas abandonarem seus carros e optarem por uma viagem tranquila.

As companhias transportadoras operam com uma grande frota de veículos, presentes em mais de 80% do território nacional, com muitas unidades disponíveis, em classes convencionais, executivas e GTV (veículos luxuosos mistos), além de disporem de unidades para fretamentos. A estabilidade do setor se remete em poder levar pessoas de localidades pequenas para médias e grandes cidades, fazer viagens interestaduais, cruzar o país, levar brasileiros para nações da América do Sul e vice-versa. São muitos viajantes, muitos horários, extensa rede de funcionários, operando suas trajetórias com qualidade, segurança e conforto.

Nesse ano de 2012, muitos investimentos foram e estão sendo feitos para modernizar ainda mais as linhas rodoviárias, tal qual novas carroçarias, novos chassis e tecnologia atual, sistema de internet em rede para uso de computadores, celulares, tablets e outros dispositivos móveis para uso interno nos ônibus rodoviários. Melhorias em equipamentos para emissão de menos poluentes e reutilização de fluidos também fazem parte dessas novas disposições, especialmente pelas grandes potencias do ramo como Expresso Guanabara, Águia Branca, Catarinense, empresas do Grupo JCA, dentre outras. A expectativa das futuras realizações de Copa do Mundo 2014 e Olimpíadas 2016, já fazem parte do marketing destas companhias, instintivamente em poder oferecer para apreciadores e estrangeiros seus serviços com total excelência, aproveitando a estadia para deslocar muitos para as cidades-sede dos eventos esportivos, oferecer outros pacotes de turismo (afinal irão querer conhecer mais o nosso Estado) e realizar os itinerários dos jogos e competições, competindo com o transporte por aviões.