Empresas de onibus em sao paulo atendem decisão do Executivo

 Auto viações SP poder executivo

 

Empresas de onibus em sao paulo que atendem a população de Presidente Prudente, no interior do Estado, irão cumprir nova determinação feita pela prefeitura da cidade para diminuir o valor cobrado pelas tarifas de ônibus. Mesmo sem a ordem ser oficial, as companhias Pruden Express e TCPP se mostraram favoráveis à mudança que deixa a passagem de ônibus 10 centavos mais barata. De acordo com o coordenador do Centro de Gerenciamento Operacional, o CGO que tem controle sobre as duas auto frotas, José Ricardo Gois, independente das decisões tomadas pelo executivo municipal, as viagens deverão acontecer normalmente até que novas medidas sejam tomadas para ajustar as mudanças.

A grande preocupação de Gois é assegurar que o sistema operacional não seja reduzido para compensar a queda na receita das empresas. Tanto a frota, quanto os funcionários e até mesmo as linhas operantes devem ser mantidas. O CGO vai calcular os prejuízos e só depois fará uma analise para decidir o que fazer. A alteração no valor que antes era R$ 2,60 e agora passa a ser cobrado R$ 2,50 significa uma perca de 4% no preço do bilhete. Uma pequena diferença que pode representar muito quando é coletiva. Até 2012 acabar, as auto viações cobravam R$ 2,40 para as passagens de ônibus em Presidente Prudente. Com a justificativa dos aumentos no combustível, nos salários dos empregados e na taxa da inflação este valor subiu 20 centavos logo no primeiro dia de 2013.

Mesmo com o aumento anual, as empresas de transporte público já estão acostumadas com os pedidos de revogação e diminuição das tarifas, feitas pelos passageiros. E por isso estão preparadas para acatar as medidas de redução feita pela prefeitura. As duas companhias de ônibus entendem que o governo também passa por um momento de pressão e por isso devem concordar com a diminuição dos valores. Elas prometem estudar possibilidades para regularizar a queda na arrecadação compensando ou cortando gastos internos. Segundo pronunciamento oficial da prefeita de Presidente Prudente, o novo valor cobrado pelas tarifas de transporte coletivo entra em vigor no sábado, dia 22 de junho e não tem previsão de reajustes.