Conheça a Itapemirim: A maior companhia de ônibus do Brasil

Viação Itapemirim

Viação Itapemirim

A maior e mais antiga companhia de ônibus do Brasil tem nome de cidade: Itapemirim, em homenagem a Cachoeiro do Itapemirim, no Espírito Santo, foi fundada pelo empresário Camilo Cola, em 1953. Sete anos depois de adquirir um Ford Hércules, com auxilio do Governo Federal, de quem tinha crédito por ter integrado a Força Expedicionária Brasileira, durante a Segunda Guerra Mundial. Com a compra facilitada dos caminhões, Camilo passou a estimular a prática de compra e venda de veículos, enquanto transportava cargas e passageiros. A atividade lhe rendeu dinheiro suficiente para criar a Empresa de Transporte Autos ­ ETA, aquela que seria a maior auto viação do país.

Na época, a frota era composta por apenas um ônibus, que operava no transporte de passageiros entre Castelo e Cachoeiro do Itapemirim. Demorou três anos para que a empresa ampliasse o número de veículos, passando a operar com o nome de viação Itapemirim LTDA, fruto de uma fusão com mais duas empresas rodoviárias. Com o tempo, as linhas foram sendo estendias para o norte do Espírito Santo. Em 1960, a Itapemirim passou a obter a concessão das linhas Brasília – Belo Horizonte e Belo Horizonte – Vitória (ES). Três anos depois já contabilizava 100 ônibus em sua frota. Apesar disso, a auto viação só ganhou renome nacional entre as companhas mais importantes do Brasil, em 1973, quando incorporou os serviços da viação Nossa Senhora da Penha, ampliando a frota para mais de 500 veículos, em menos de um ano.

Nos anos 80, adquiriu as operações da viação Única, importante companhia que operava a linha Rio de Janeiro – São Paulo. Com o controle do eixo rodoviário mais movimentado do Brasil e uma das maiores frotas da país, a Itapemirim tornou-se a maior empresa de transporte rodoviário de passageiros da América Latina. Além de transportar milhares de passageiros em diversas regiões, a companhia também trouxe novidades para o setor rodoviário, chegando a produzir suas próprias carroçarias. A iniciativa contribuiu para o avanço da engenharia automobilística internacional, através do modelo Tribus, que opera sob três eixos. Atualmente, a viação Itapemirim transferiu mais de 50% de suas linhas interestaduais para a viação Kaissara, pertencente ao mesmo grupo rodoviário.