Bilhete Único abaterá reserva de passagens de ônibus em SP

Se você mora em São Paulo e anda sem tempo para garantir o bilhete das auto frotas toda vez que vai sair de um lugar para o outro, não se preocupe. Caso a promessa do prefeito Fernando Haddad, do PT, se concretizar, em novembro deste ano você poderá pagar apenas uma taxa mensal para ter o direito de usar os expressos rodoviários por quantas vezes precisar, através do Bilhete Único Mensal. Antes de o prazo acontecer, o serviço já vai ser utilizado e testado por portadores de deficiência, idosos e estudantes. O valor pago para se ter o beneficio ainda não foi definido pelo prefeito, mas não deve ultrapassar R$150 mensais.á em abril, a prefeitura esta fazendo o cadastramento do novo sistema. Estima-se que cerca de sete milhões de usuários dos ônibus farão o cadastro.

Atualmente, São Paulo possui mais de 20 milhões de bilhetes únicos circulando entre ônibus, metros e trens. De acordo com Jilmar Tatto, secretário municipal de transportes, o interessado deverá preencher uma ficha pela internet, informando o seu CPF antes de realizar o cadastro físico. Só depois será chamado pelo sistema de reserva de coletivos de viagens para colher a impressão digital, um mecanismo de segurança para identificar biometricamente o dono dos cartões. Para a prefeitura avançar com o projeto é preciso que o processo de renovação da concessão das unidades das auto viações seja concluído.

Os ônibus também deveram fornecer o validador biométrico do Bilhete Único Mensal. Aproximadamente 15 mil transportes coletivos urbanos da capital já possuem um. Além disso, as mudanças para novas tecnologias não param por ai. Em breve o serviço contará com recarga na catraca, venda em sites especializados e pagamento com cartão do banco ou do celular. Medidas essas, que ajudam a coibir as fraudes no serviço de reserva de passagens das empresas de ônibus. O prefeito de São Paulo estimou em R$ 140 o valor do Bilhete Único Mensal, o que permitiria no total, 46 viagens de ônibus com direito a transferência grátis para até três ônibus em três horas. Outra novidade é a modalidade do bilhete em versão semanal.  Por hora ainda também sem valor definido.