Auto viação Catarinense – a maior no Estado Paranaense

Grandes nomes de empresas de transporte rodoviário se concentram no estado do Paraná. De fato, a colonização da região Sul do Brasil teve forte influencia por abrigar novos habitantes, vindos da Europa e demais países do mundo. O trabalho também foi forte estimulante das conquistas, grandes fabricações, chamando a atenção por toda a América. O exemplo mais antigo dessa crescente evolução é o sucesso da mais antiga Auto Viação Catarinense, logicamente de Santa Catarina, mas responsável por trazer parte do fluxo paranaense, há mais de 80 anos. A conquista por novos territórios e empreendimentos de empresários forçaram as principais cidades a disporem de locomoções para trazer e levar pessoas, vistos que muitos eram destinados aos portos de Santos e Rio de Janeiro, como também as encomendas e cargas pesadas.

Seguindo também a rota cafeeira, foi preciso transportar cada vez mais entre Paraná e o estado de São Paulo. Pensando e se adiantando em relação ao resto da nação, foram sendo surgidos exemplos como as auto viações Princesa do Ivaí, Garcia, Gardênia e Pluma, que aos poucos foram consolidando seus nomes com segurança, conforto e modernidade em suas frotas. Muitas dessas iniciaram-se com transportes em pequenos ônibus, mas a necessidade se tornou intensa, onde começaram a se sobressair. Cidades como Curitiba, Londrina, Maringá, Cascavel, região do Ivaí e Foz do Iguaçu foram melhorando seus acessos assim como as rodovias, que o motivaram governos estaduais e federais a estabelecerem obrigatoriamente infraestrutura de todas as vias nos arredores.

A plataforma montada por estas companhias hoje estabelece ligações entre as demais regiões do país e destinos internacionais, uniu os estados sulistas e melhorou a visão nacional, certificando os paranaenses de estarem numa região estratégica do MERCOSUL, onde muitas indústrias migraram e atraem investidores de negócios novos. As companhias de transporte só trouxeram benefícios com a decaída do sistema ferroviário, sendo parceiras nos ramos de turismo e comercial, entregando passageiros sempre em estabelecidos horários. Nesse sistema rodoviário foi possível cruzar-se o estado, levando muitos habitantes do interior para conhecerem o litoral e o Porto de Paranaguá, uma grande parada de embarcações para o exterior e também levar pessoas para fazerem as famosas compras no Paraguai, atravessando a Ponte da Amizade. Parabéns pela atuação, com mais de 60 anos em prol do progresso!