Atendimento e estorno são as maiores queixas contra viação Útil

Viaçao Util deve indenização

Reclamações na internet podem virar processos judiciais.

Se a sua passagem de ônibus já foi reservada e por causa de algum imprevisto você não irá mais embarcar, cancelar a viagem e recuperar o dinheiro em reservas feitas com a viação Útil pode virar um verdadeiro drama.
De acordo com levantamento feito pelo blog Auto Viações, de pelo menos dez reclamações feitas por usuários da empresa, oito são contra o atendimento precário e problemas na hora de realizar o estorno das tarifas.
Por casal da falta de comunicação entre o passageiro e membros da companhia de ônibus, muita gente se sente lesada quando procura os serviços da Útil.
Segundo uma das denúncias publicada em um site do consumidor, informações sobre o cancelamento da viagem que estão disponíveis no site oficial da auto viação são improcedentes.

Quando tentava recuperar o dinheiro de uma reserva, Rosana foi orientada por um atendente que apenas poderia reatar o valor pago se comparecesse na rodoviária pessoalmente. O processo, no entanto, não é que estava escrito no voucher impresso.  Tanto o bilhete rodoviário quanto o site garantiam o reembolso em um prazo de até três horas antes do embarque, sem ter que ir ao guichê de atendimento.
A falta de preparo e informação de quem trabalha no setor de atendimento da empresa também virou alvo dos consumidores. Para muitos, há falhas no sistema operacional que controla todo esse setor e corporativo desqualificado.
Há um ano, outra usuária dos serviços da companhia rodoviária também se queixou do atendimento que recebeu durante um embarque no Rio de Janeiro, na véspera de um feriado.

De acordo com a reclamação postada, por motivos de horário, a passageira queria antecipar o embarque utilizando o mesmo bilhete, mas se quer conseguiu se informar se o processo era possível. Além da falta de informação e da postura profissional inadequada do atendente, a usuária também disse que ele não soube responder por que havia diferença de preços entre veículos que faziam as mesmas linhas do local.
A viação Útil atua desde 1950 e hoje integra um grupo seleto composto pelas maiores empresas rodoviárias do Brasil e é líder de venda de passagens em cidades como Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Niterói, São Paulo e Juiz de Fora.