Viação Pluma transfere linhas rodoviárias para Catarinense

Linhas transferidas não são mais novidade no Brasil.

Linhas transferidas não são mais novidade no Brasil.

Passagem de ônibus de Curitiba até a cidade de Assunção no Paraguai, ou do Rio de Janeiro até Buenos Aires deixaram de ser comercializadas pela viação Pluma, desde o segundo semestre deste ano. Essas e outras linhas importantes para dentro e fora do Brasil foram transferidas da companhia de ônibus fundada no Paraná para outras duas auto viações. Em documento publicado no dia 22 de junho de 2015, a ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres concedeu a transferências de rotas para a viação Catarinense e a JBL Turismo, por meio de duas resoluções.  Há um tempo, a viação Expresso Nordeste também havia recebido o direito de operar em linhas com atuação em embarques pelo Sul do Brasil, antes monopolizadas pela companhia Pluma. A auto viação criada em 1966 transferiu as rotas para outras empresas com quadro societário difundido em linhas interestaduais de média ou longa distância, como meio de se livrar da crise. Diferente do que aconteceu com a viação Itapemirim no primeiro semestre deste ano. A empresa considerada a mais antiga do Brasil transferiu 68 linhas para a parceira de operação, a viação Kaissara, também do Espirito Santo. A transação foi motivada por problemas financeiros e dívidas milionárias.

Linhas Transferidas pela  resolução Nº 4.761:
Rio de Janeiro (RJ) – Buenos Aires (RA), via Foz do Iguaçu (PR), Rio de Janeiro (RJ) – Santiago (CL), São Paulo (SP) – Buenos Aires (RA), via Porto Alegre (RS), Uruguaiana (RS) – São Paulo (SP), e Balneário Camboriú (SC) – Buenos Aires (RA).

Linhas Transferidas pela resolução Nº 4.762:
Curitiba (PR) – Porto Alegre (RS), via BR-101, Curitiba (PR) – Santa Maria (RS), via U. da Vitória, Curitiba (PR) – Santa Maria (RS), via Lages (SC), Curitiba (PR) – Criciúma (SC),  Curitiba (PR) – Asuncion (PY),  Curitiba (PR) – Ijuí (RS), Paranaguá (PR) – Asuncion (PY), Porto Alegre (RS) – Joinville (SC), Porto Alegre (RS) – Balneário Camboriú (SC), Criciúma (SC) – São Paulo (SP), Joinville (SC) – Ijuí (RS), via Barracão, Araranguá (SC) – São Paulo (SP), prefixo nº 16-1332-00, Araranguá (SC) – São Paulo (SP), Araranguá (SC) – Campinas (SP), Florianópolis (SC) – Foz do Iguaçu (PR), Criciúma (SC) – Asuncion (PY).

Águia Branca bate recorde de embarques durante feriado

Viação triplicou o número de embarques no último feriado.

Viação triplicou o número de embarques no último feriado.

A viação Água Branca registrou grande fluxo de embarques saindo do terminal Novo Rio, no Rio de Janeiro, durante feriado de Finados, no dia 2 de novembro. De acordo com dois dos três maiores portais de venda de passagens rodoviárias da internet, a companhia foi uma das mais acionadas durante a primeira semana do mês passado. A empresa rodoviária com atuação em diversas cidades dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Bahia, registrou aumento de mais de 80% nas vendas de passagens de ônibus, em comparação com os mesmos itinerários computados na semana anterior.

Os feriados de “tiro curto”, como o comemorado no dia 20 de novembro, em celebração ao Dia da Consciência Negra, têm aquecido o movimento nos principais terminais rodoviários do Brasil. O motivo pela preferência nas viagens de ônibus é simples: economia e praticidade. Além da grande concentração de passageiros saindo da capital carioca, outros municípios do Rio de Janeiro e cidades do Espírito Santo tiveram um bom fluxo de embarques durante o último feriado. Quem foi pra internet em busca das passagens rodoviárias deu preferência aos municípios capixabas de Vitoria, Vila Velha, Nova Venécia e Aracruz. Os municípios lideraram o topo da lista das cidades mais procuradas ao lado do Rio de Janeiro (RJ), Porto Seguro (BA), Campos (RJ), Aimorés (MG) e Niterói (RJ) e Salvador (BA).

A linha da rodoviária de Vitória com destino ao Rio de Janeiro teve um volume de mais de 100%, em comparação com fluxo de passagens em dias regulares. O trajeto é operado pela viação Águia Branca e Kaissara, detentora de mais de 40 linhas da companhia Itapemirim. Para muitos, a viação com sede no Espírito Santo ainda é desconhecida, apesar de estar com preços mais acessíveis do que a da concorrente. Segundo levantamento das empresas, o perfil do passageiro de ônibus que viaja em feriados de menor expressão é dividido em dois grupos, um formado por aqueles que aproveitam o tempo de folga para visitar parentes no interior do Estado e outro que utilizam o serviço em busca de lazer e diversão em praias e outras cidades turísticas.