Empresas de ônibus invadem a internet em busca de clientes

Reservar passagem online.

Reservar passagem online.

Mais práticas e cômodas, as passagens rodoviárias reservadas pela internet caírem de vez no gosto dos internautas brasileiros. A mudança de comportamento na hora de contratar o serviço com antecedência vem surpreendendo tanto de um tempo pra cá, que nunca se viu tantas auto viações oferecem as reservas pela internet. Apesar de muitas empresas ainda não conhecerem os benefícios de uma integração online, o número de companhias rodoviárias interessadas no mecanismo segue em alta desde o começo deste ano. Se o número manter a mesma média de novas contratações na rede, até o final do ano mais de 60% da empresas autorizadas pela ANTT –  Agência Nacional de Transportes Terrestres, para operar em linhas interestaduais, disponibilizarão no mínimo uma de suas rotas pela internet.

Quem comercializa o serviço está otimista com essa ascensão. É o caso do e-commerce brasileiro Quero Passagem, que iniciou suas atividades no país em setembro de 2013 e de lá pra cá, registra nos últimos três meses, a maior integração rodoviária em seu sistema de reserva online. Só a startup tem mais de 40 auto viações credenciadas, que vendem através do site, boa parte de suas linhas interestaduais, em diferentes itinerários e tipos de ônibus oferecidos. Somando todas as linhas, a Quero Passagem consegue oferecer mais de 3 mil destinos rodoviários pelo Brasil, em uma cobertura de 90% de todo território nacional.

Novos credenciamentos, importantes companhias
Conhecidas por muitos brasileiros, quem chega para compor o tipo de empresas aptas a reserva online, reforça ainda mais as ofertas de preço e serviços em cada roteiro pesquisado. As últimas integrações disponibilizadas por incorporadoras do setor rodoviário compactam os serviços de grandes companhias, como viação Reunidas, Araguarina, Pássaro Verde, Transbrasiliana, Rápido Marajó, Goiânia e Danubio Azul. Apesar das parcerias dependerem do interesse e de um bom investimento financeiro por parte das empresas, a intenção do diretor da Quero Passagem é priorizar o credenciamento de companhias de ônibus que tragam para o grupo, linhas inexploradas e de grande procura da população.

Viação Jundiá vai operar em Peruíbe entre os próximos 10 anos

Companhia é obrigada a operar com veículos novos.

Companhia é obrigada a operar com veículos novos.

Gostando ou não, quem já experimentou os serviços rodoviários da viação Jundiá, nos últimos dois meses, tem uma ideia de como vai funcionar o transporte rodoviário de uma das cidades litorâneas, que compõe a baixada santista. Desde abril deste ano, a companhia rodoviária com sede em Sorocaba – no interior do de São Paulo, vem atuando na cidade, em formato emergencial. A novidade é que a partir do mês que vem, a empresa passará a operar de forma definitiva, até 2025, quando seu contrato acabar. A auto viação venceu a licitação para transportar os passageiros entre linhas municipais, antes operadas pela viação Intersul. O novo contrato de prestação de serviço rodoviário está assustando os moradores, que temem um aumento no valor das passagens rodoviárias. Segundo pronunciamento da prefeitura de Peruíbe, o reajuste é só uma questão de tempo. É provável que o aumento tarifário seja anunciado depois de uma audiência envolvido representantes das partes interessadas. Sem data definida para reunião, quem depende do serviço rodoviário para se deslocar, ainda pode pagar R 1,70 para viajar de ônibus.

Reajuste nas passagens
O novo valor das passagens de ônibus deve acompanhar o aumento no preço dos combustíveis, tal como a inflação e os custos relacionados à nova contratação da empresa licitada. Apesar de ser bastante audacioso, o que a prefeitura quer é por em atividade uma frota composta por ônibus novos. Tarefa que custa muito dinheiro para uma empresa que deverá atuar com mais de 15 veículos rodoviários, além dos ônibus extras. As exigências já poderão ser cobradas pela população, assim que o contrato assinado entrar em vigor.

Viação Intersul
A empresa rodoviária Intersul operava na cidade do litoral paulista, há 10 anos. Após ficar em dívida com algumas cláusulas contratuais, teve o contrato rescindido pela prefeitura, no meio do ano passado. A auto viação foi acusada de não cumprir corretamente os itinerários previstos em contrato, além de se ausentar da manutenção a sua frota rodoviária. Do desligamento da empresa até abril de 2015, quem assumiu as operações foi à viação Estrela Maior.

Viação Real Expresso ganha concorrência na internet

Real Expresso irá competir em linhas interestaduais.

Real Expresso irá competir em linhas interestaduais.

Boa parte das linhas interestaduais oferecidas pela Real Expresso na internet vai ter mais uma concorrente nos próximos dias. Além de disputar a preferência por quem compra as passagens de ônibus, no guichê da rodoviária, a viação Araguarina também está apostando nos e-commerce do setor para fechar o ano com alta na comercialização de bilhetes em longas distâncias. As duas auto viações são bem conhecidas no Triângulo Mineiro, de onde possuem grande operação rodoviária. De lá, o passageiro que quer se deslocar pode comparar os serviços e os preços disponibilizados pelas empresas. Mais tradicional e com maior número de linhas entre os Estados Brasileiros, a viação Real Expresso não será a única opção em trajetos de Goiânia a Brasília, ou de Brasília a Anápolis, disponibilizado pelo Quero Passagem e por outros sites de venda de passagens rodoviárias. Esses destinos passaram a ser oferecidos pela viação Araguarina a partir do dia 12 de maio e devem enriquecer ainda mais a conveniência daqueles que já estão habituados na reserva de passagens pela internet.

Conheça a viação Araguarina
A empresa rodoviária fundada em 1938 com o nome de Expresso Pontal, nasceu com a intenção de atender com excelência, os municípios que fazem parte do Triângulo Mineiro. Dois anos depois de sua fundação, se transferiu de Uberlândia para Araguari. Apesar das origens mineiras, a viação Araguarina tem também forte atuação em Goiás, de onde atualmente vem sendo sediada. Anualmente é capaz de transportar mais de 3 milhões de passageiros. Suas operações rodoviárias ultrapassam 100 viagens de ônibus por ano, através de serviços oferecidos por uma frota de veículos seguros e modernos. Hoje, a auto viação  divide as principais linhas interestaduais da região mineira e goiana. A empresa rodoviária já tem em seu currículo mais de 10 milhões de quilômetros rodados, ligando diversos destinos de Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Tocantins, Rondônia e o Distrito Federal, através de 13 linhas interestaduais e seis linhas intermunicipais no Estado de Goiás. Com a nova integração, será possível reservar passagens até Belo Horizonte, Cuiabá, Brasília, e outras capitais, sem sair de casa.