Viação Itapemirim é o terror das companhias aéreas

Companhias aéreas estão com medo de perder passageiros.

Companhias aéreas estão com medo de perder passageiros.

Preços mais acessíveis e comodidade no momento da compra, fizeram com que empresas aéreas ligassem suas turbinas para superar as vendas concorridas com auto viações. Um desses exemplos acontece em linhas interestaduais operadas pela viação Itapemirim e Penha. Enquanto as companhias rodoviárias se encarregam de transportar os passageiros por terra, nos ares, a aviação Azul faz de tudo para não passar por turbulências. As linhas oferecidas pelas viações desde 2009 são boas opções para passageiros que querem viajar com economia. Há trechos vendidos por até R$ 10, se a reserva for feita em ônibus do tipo convencional. A vantagem é o que preço é fixo o ano todo e dá para adquirir o serviço através de sites confiáveis pela internet. Os preços das companhias de ônibus só deixam de ser superados pelas aeronaves em pacotes promocionais, quando a reserva é feita com bastante antecedência.

O mecanismo é uma forma que as companhias de avião encontraram sobreviver no mercado. Elas são mais caras, mas ficam mais acessíveis quando se tornam opção número um, em 30 dias antes do dia da viagem. A alternância de preço também é sentida quando se quer comprar passagens aéreas em cima da hora. Nessa ocasião, a lei da oferta e da procura fala mais alto. Um dos pacotes disponibilizados pela companhia Itapemirim leva o passageiro do Rio de Janeiro até a capital do Paraná, por valores que variam de R$ 10 até R$ 106. Para chegar até Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, com embarques em São Paulo, a passagem custa R$ 139 no ônibus convencional, com banheiro e ar condicionado. Além de São Paulo e outras capitais, há rotas promocionais com saídas de Campinas, vale a pena conferir.

Passagem online
A viação Itapemirim é a segunda companhia rodoviária que mais venda passagens através do site Quero Passagem. A auto viação “amarelinha” só perde para a viação Cometa. As duas também ficaram entre as empresas que mais comercializaram bilhetes rodoviários no mês de março. Na ocasião, a empresa 1001 superou as recordistas com boa pontuação registrada pelo sistema. A agência de turismo online lançada no Brasil em 2013, tem credenciado de mais de 40 empresas do setor rodoviário.

Expresso Guanabara ganha prêmio de responsabilidade ambiental

Responsabilidade Ambiente é dever das companhias.

Responsabilidade Ambiente é dever das companhias.

A companhia de ônibus Expresso Guanabara garantiu o terceiro lugar na categoria Rodoviário/Fretamento do Prêmio TransportAr de Responsabilidade Ambiental 2014, realizado no dia 6 de março. A premiação promovida pela Federação das Empresas de Transporte de Passageiros do Nordeste (Fetronor) é direcionada as empresas de transportes de passageiros e fretamento que atuam em Alagoas, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte, estados base da Federação. O evento contou com mais de 25 finalistas da Paraíba. Foram entregues títulos nas categorias Urbano/Metropolitano e Rodoviário/Fretamento para as diferentes regiões. A auto viação Guanabara foi ladeada pelas empresas Viação Rio Tinto, Viação Transpassos, na hora de receber a premiação destinada as melhores empresas da Paraíba.

Na mesma categoria, a Borborema Imperial Transporte foi a grande campeão em Pernambuco. Já no Rio Grande do Norte, a empresa Alves foi quem faturou o primeiro lugar na categoria Rodoviário/Fretamento. Unidas Transporte e Transportes Nacional, ocuparam as primeiras posições na categoria Urbano/Metropolitano direcionado para Paraíba. A premiação foi uma forma que a Fetronor encontrou de divulgar e prestigiar as companhias rodoviárias que investem em ações para proteger o meio ambiente. Em sua segunda edição, o Programa Despoluir realizou 7.126 aferições voltadas à responsabilidade ambiental de 79 empresas do setor. Em Alagoas 907 analises foram feitas em 2014, na Paraíba 1.041, enquanto que em Pernambuco o número foi 3.919 e no Rio Grande do Norte 1.259.

Agência Guanabara no Iandê Shopping Caucaia
A Expresso Guanabara inaugurou mais uma agência de atendimento em um grande shopping de Fortaleza, no Ceará. O novo guichê da companhia foi inaugurado no dia 31 de janeiro, no Iandê Shopping Caucaia, na Região Metropolitana da capital. Com a instalação, a empresa já passa a contar com 10 agências localizadas em grandes centros comerciais da região, para melhorar o atendimento e facilitar a compra de passagens rodoviárias aos clientes. Além do Iandê Caucaia, a Guanabara se faz presente atualmente no Shopping Maracanaú, também na Região Metropolitana, e nos shoppings Benfica, North Shopping, Center Um, Via Sul, Pátio Arvoredo, North Shopping Jóquei, Shopping Maracanaú, Ouro Verde e RioMar.

Viação Catarinense oferece passeio de trem em Curitiba

Viagem de trem em Curitiba.

Viagem de trem em Curitiba.

A viação Catarinense está dando a oportunidade de catarinenses conhecerem os encantos e das delícias do Paraná, através de um divertido e inusitado passeio de trem. Para participar da experiência, basta ir até a rodoviária de Florianópolis, na capital de Santa Catarina e garantir seu pacote, pelo menos 48 antes do passeio. A iniciativa também reserva viagens pela culinária paranaense, em especial nas cidades de Morretes e Antonia. O pacote que pode ser pago em até 6 vezes sem juros, dá direito a uma viagem rodoviária abordo da viação Catarinense entre Florianópolis até Curitiba, mais uma viagem de Trem, partindo da capital com destino a Morretes.

O passeio inclui um delicioso almoço típico com barreado na cidade, por volta das 11h30, mais um tour por Morretes e Antonia, na presença de um guia de turismo especializado. O retorno a capital do Paraná também é feito de ônibus, através da Estrada da Graciosa ou pela BR 277, com previsão de desembarque às 17h30. Com uma hora de descanto, o ônibus da Catarinense parte rumo a Santa Catarina. O passeio tem saída de Florianópolis às 2h15, com chegada prevista às 7 horas, em Curitiba. A viagem de trem parte logo às 8h15 e tem duração de aproximadamente 3 horas.

A viagem de ônibus tanto de ida quanto na volta é feita com veículos do tipo executivo. Quem conseguir lugar no Pacote 1 paga apenas 6 parcelas de R$ 56,81 para viagem de ônibus Executivo com Vagão de Trem Turístico. O mesmo serviço fica um pouco mais caro, no Pacote 2, com parcelas de R$ 61,31 e algumas regalias. O projeto lançado no final do ano passado leva turistas até as ricas tradições culturais e religiosas, em ruas estreitas e cheias de história. O pagamento do pacote só é aceito no guichê da Catarinense, se for em dinheiro, cartão de débito e cartão de crédito das bandeiras Visa, MasterCard, American Express e Diners. Crianças com até 12 anos conseguem um desconto de R$ 44,09 nas parcelas.  O Trem Turístico inclui vagão de classe intermediária, serviço de bordo com uma água ou refrigerante, kit lanche e guia em português. Já o Trem Executivo inclui serviço de bordo com água, refrigerante e cerveja, kit lanche diferenciado e guia bilíngue.

Integração da Quero Passagem completa rotas de Florianópolis

Compre passagens de ônibus de Florianópolis para Brasília.

Compre passagens de ônibus de Florianópolis para Brasília.

Além da viação Catarinense, quem não dispensa uma boa companhia rodoviária para sair da capital catarinense pode contar com o serviço de diversas empresas credenciadas pelo site Quero Passagem. O e-commerce com mais de um ano de atuação no Brasil, ultrapassou a marca de 45 auto viações parceiras. Juntas, as empresas correspondem a mais de 80% das rotas interestaduais do país, em mais de 3 mil destinos por todos os Estados brasileiros. Só em Florianópolis, grandes conhecidas dos usuários como a viação Real Expresso e Itapemirim, passarão a dividir suas ofertas com empresas do grupo da Transbrasiliana, a mesma que gera as operações da viação Rápido Marajó e de outras empresas, com forte atuação entre Goiás e o Distrito Federal. A companhia de ônibus é uma das últimas a se integrar ao sistema de passagens rodoviárias da Quero Passagem, que adquiriu só neste ano, mais de 10 parcerias no setor.

Com o credenciamento em alta, a agência digital é capaz de oferecer o melhor destino para seus clientes, ampliando as ofertas de preços e serviços, nos trechos pesquisados. Para o CEO da empresa, Lukasz Gieranczyk o objetivo é tornar a ferramenta mais prática e conveniente para viajantes de ônibus.  O recurso também está disponível nas versões inglês e espanhol e pode ser acessado através de qualquer dispositivo móvel, ligado à internet. A expectativa para o primeiro semestre deste ano é integrar companhias rodoviárias que oferecem destinos que atualmente só estão disponíveis no terminal rodoviário, além de testar o serviço em outros países que utilizam bastante o ônibus como veículo de passeio.

O grupo de empresas formadas pelas viações 1001, Águia Branca, Andorinha, Bragança, Brasil Sul, Brisa, Catarinense, Cometa, Costa Verde, Expresso Araguari, Expresso brasileiro, Expresso do Sul, Expresso Luxo, Garcia, Gardênia, Guanabara, Itapemirim, Lopes Sul, Macaense, Motta, Nacional  Expresso, Nasser, Ouro Branco, Pássaro Verde, Penha, Planalto, Pluma, Princesa do Ivaí, Princesa dos Campos, Progresso, Rápido Federal, Rápido Ribeirão, Real Expresso, Rotas do Triângulo, Salutaris, Santa Cruz, Setelagoano, Transbrasiliana, Transcontinental, Util, Viação Cantelle, Viação Estrela, Viação Fretcar, Viação Sampaio e Viação Rápido Marajó, é considerado o mais reconhecido no cenário rodoviário atual.

Fusão entre a viação São Geraldo e Gontijo garante liderança

Viação Gontijo e São Geraldo pertencem a mesma empresa.

Viação Gontijo e São Geraldo pertencem a mesma empresa.

Um acordo de integração entre as linhas rodoviárias oferecidas pelas companhias de ônibus São Geraldo e Gontijo está garantindo boas disputas financeiras com uma velha conhecida das regiões Sudeste, Norte e Nordeste. Famosa por operar em linhas interestaduais desde a década de 70, a viação Itapemirim passou a ter uma incômoda concorrência em vários trechos já oferecidos por ambas às companhias até municípios de Minas Gerais e outros Estados. Sediadas em Belo Horizonte, ambas as auto viações correspondem boa fatia das passagens rodoviárias adquiridas no Brasil. Segundo levantamento feito por uma conceituada revista do setor, a viação São Geraldo e Gontijo já estavam entre as três empresas mais ativas do setor, há mais de 10 anos.

Na época, as companhias rodoviárias saboreavam o segundo e terceiro lugares, abaixo da Itapemirim, que tinha oficialmente mais de 10% da participação no número de passageiros por quilômetro transportado. Por lei, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) obriga que a empresa de transporte de passageiros interestadual pode ter, no máximo, 20% do mercado nacional. Com a fusão, a soberania entre as linhas federais atingida pelas duas empresas passou a registrar mais de 14%, superando a viação “amarelinha” também na participação sobre a frota, já que a as duas juntas somam mais de 2 mil ônibus rodoviários, capazes de transportarem 8 milhões de passageiros por ano.

Incorporação Milionária
Em 2002, o grupo 1001 fez um investimento milionário para poder contar com as operações da viação Cometa. Na ocasião, foram desembolsados R$ 135 milhões, a maior incorporação entre duas empresas do setor de transporte rodoviário no Brasil. A fusão garantia uma receita líquida superior a R$ 200 milhões. Os valores estão bem mais abaixo do que a São Geraldo gastou para se unir definitivamente a Gontijo. Hoje a companhia Cometa, ao lado de outras empresas do setor faz parte do Grupo JCA.

São Geraldo
Fundada em 1949, em Caratinga, leste de Minas, com o nome de Rodrigues Teixeira & Cia. Ltda., a viação São Geraldo tem uma frota de 800 ônibus para transportar mais de 3 milhões de passageiros ao ano,  por 150 linhas rodoviárias de 17 Estados, mais o Distrito Federal , rodando todos os anos 110 milhões de quilômetros.