Cometa Viagens vê China construir ônibus elétrico nos EUA

 Grande produção ônibus rodoviários

A Cometa Viagens, uma das mais antigas e populares companhias de viação do Brasil está acompanhando o mercado internacional das principais montadoras e observando a evolução na tecnologia dos ônibus para preservar os recursos naturais do planeta. Uma das grandes evoluções vistas pelas empresas aqui no país é a nova linha da companhia chinesa BYD. O modelo deste ônibus milionário é completamente movido a eletricidade e não polui o ar. A China esta desenvolvendo o BYD especialmente para ser utilizado no estado da Califórnia, nos Estados Unidos. Este é o primeiro contato entre o console e os passageiros, mais a produção não deve parar por aqui. Pelo que estimam, deverá ser produzido cerca de mil ônibus todos os anos, por pelo menos duas décadas.

Long Beach vai receber dez dessas primeiras unidades ainda em 2014. Os próximos 50 veículos chineses serão entregues a uma base no deserto de Mojave. A BYD Motors possui duas bases instaladas nos Estados Unidos. Uma apenas para realizar as montagens dos expressos, localizada na Califórnia, e outra para fabricação de baterias de fosfato de ferro, responsável pelo armazenamento da energia elétrica que move os veículos, na região leste de Los Angeles. Para construir as fábricas em terreno americano a montadora chinesa gastou aproximadamente US$ 10 milhões. Os valores para se ter um desses veículos pode variar de US$ 100 mil até US$ 200 mil, porém o retorno é rápido e garantido.

As três potentes baterias movimentam os coletivos de viagens por até 250 quilômetros consumindo o ar condicionado a jornada inteira sem descarregar parte da carga. A montadora BYD também pensa em gerar empregos nos Estados Unidos para acelerar o processo de produção dos exemplares elétricos. Não é apenas na Califórnia que a montadora esta presente. Desde 1995 quando fui fundada está em processo de expansão, passando por Hong Kong, Taiwan, Índia, Coréia do Sul, Japão e países europeus. No total, mais de 150 mil pessoas estão trabalhando na empresa da China. Segundo informações, essa auto frotas está sondando a possibilidade de se instalar uma base no Brasil, e participar do mercado rodoviário sul-americano.

 

Empresa de ônibus – Ônibus Brasil e a política

Empresas de ônibus do Brasil

Sindicatos e empresas de onibus – onibus brasil apontam questionamentos sobre até que ponto rígidas regras impostas pelos órgãos licitatórios podem influenciar positivamente no desempenho e qualidade dos serviços rodoviários. Devido à forte imposição dos meios de comunicação em relatos de acidentes e problemas de infraestrutura relacionados ao transporte coletivos, prefeituras de grandes cidades como é o caso de São Paulo e Rio de Janeiro querem fazem vista grossa na fiscalização e determinação das regras sobre as companhias de ônibus e seus motoristas. No Rio já funciona um novo documento com novas normas para serem seguidas por estes profissionais. Segundo relatos de companhias de transporte algumas dessas novas medidas são muito severas e não aparentam ter o objetivo focado em melhorias.

Um desses casos é a demissão estabelecida para motoristas que avançar o sinal vermelho por três vezes. O problema é que além da demissão, a norma impede que ele busque emprego em outra empresa de ônibus. Além de não respeitarem a parada no semáforo, as infrações mais cometidas pelos motoristas no Rio de Janeiro são aquelas que estão ligadas ao rendimento nas viagens coletivas, como não parar em um ponto de embarque e desembarque e ainda falar no celular enquanto está na direção. Os sindicatos e as companhias de ônibus não são contrários à demissão do profissional que for flagrado cometendo as irregularidades, mas sim que a aplicação da medida deva acontecer apenas depois da conclusão dos cursos de reciclagem e aperfeiçoamento profissional.

A prefeitura contesta. Segundo ela não é necessário nenhuma orientação para saber que é proibido avançar no sinal vermelho. A fiscalização vai funcionar através de um cadastro de registro com os dados do tal motorista infrator. O estranho é que a prefeitura incumbiu às próprias empresas de ônibus de anotar quem de seus motoristas está avançando o sinal. Para a Secretaria de Transporte do Estado do Rio de Janeiro esses motoristas não tem condições de circular com os ônibus porque coloca em risco a vida de centenas de pessoas. As auto viações protestam mais garantem que cumprirão o acordo. Agora resta saber se as empresas realmente apontaram os nomes de quem está infringindo a lei e veremos os culpados serem punidos.

Preço para comprar passagem rodoviária anima Superarticulados

Excelentes preços passagens rodoviárias superarticulados

Comprar passagem rodoviária com baixo custo em São Paulo é um dos fatores positivos vistos pela prefeitura da cidade e empresários do setor para aquisição de novos veículos Superarticulados. Segundo dados da montadora Caio, só em São Paulo serão disponibilizados cerca de 100 novas unidades do modelo Millennium BRT. Uma das empresas que já comprou parte da frota superarticulada é a VIP – Viação Itaim Paulista. O restante ainda vai ser negociado com empresas de ônibus que vencerem a licitação para prestar os serviços de transporte urbano. Este modelo é ainda maior e mais capaz de transportar o maior número de tripulantes em uma única viagem. São 23 metros de comprimento contra 18 dos antigos.

Se o ônibus chegar a sua lotação máxima transportará 30% mais passageiros do que os articulados já vistos em São Paulo. No total são 175 passageiros, 117 em pé e 58 sentados, com liberdade para cadeirantes e espaço reservado aos cães guias que acompanham passageiros com deficiência visual.  O chassi 500 UDA da Mercedes Benz é o responsável pela amplitude deste modelo. Existem dois eixos presentes próximos à articulação que propiciam mais força e tamanho elevado. Outros municípios e auto frotas de outras regiões já se interessaram pela modelo superarticulado da Caio. Os grandes ônibus poderão aparecer em breve.

Dentro do veículo a montadora também oferece dispositivos opcionais: ar condicionado, sistema de monitoramento computadorizado para junção carroceria e abertura de portas laterais. A grande inovação interna vista neste modelo é a poltrona. De acordo com a montadora elas são menos densas do que as convencionais proporcionando melhor repouso e mais praticidade na hora de concertá-las.  O formato da carroceira e até mesmo o chassi foram criados pontualmente para se adaptarem bem aos sistemas de mobilidade do Brasil. A Mercedes Benz explica que o BRT – Bus Rapid Transit, e outras obras de grande porte são grandes exemplos para direcionar a aplicação destes coletivos de viagens. Os corredores de ônibus do tipo BRT são apostas para melhorar o trânsito durante os jogos da Copa do Mundo de 2014 e incentivos em cidades beneficiadas pelo PAC Mobilidade.

Concorrente da Cometa Viagens lança ônibus multifuncional

Ônibus multifuncional

Cometa Viagens tem agora uma novo concorrência pela Marcopolo, que acaba de lançar no Brasil mais um de seus ônibus menores com características multifuncionais, através da Volare, uma série especial de ônibus pequenos da montadora brasileira. O projeto comprova que a modernidade na velocidade e na eficiência podem promover grandes recursos. Os expressos da Volare são vistos em exposições de feiras e negócios e apresentam modelos variados, alguns são usados como ambulância, transporte para presidiários, e veículos para apagar incêndios e resgatar pessoas. A última aparição dos novos modelos aconteceu no Riocentro, no Rio de Janeiro, na LAAD 2013 Brasil, Feira Internacional de Segurança Pública e Coorporativa.

A modernidade caiu nas graças de prestadores de serviços privados e públicos porque são práticos e ao mesmo tempo não deixam nada a desejar para os convencionais. Melhoram o trânsito e tem mais acessibilidade dos demais veículos coletivos. As auto viações da Marcopolo apresentou três novos modelos: O Volare Fire, Volere Ambulância e Volare Bussinees. O Volare Fire é uma réplica dos caminhões usados por bombeiros. Menores e mais ágeis são mais eficientes na hora de atender ocorrências de incêndio. Este ônibus além de ser completo atende todas as exigências da ABTR – Auto Bomba Tanque Resgate e é devidamente reconhecido para realizar tal tarefa. O novo modelo da categoria também se destaca pelas instalações modernas e esta apto para atender ocorrências aéreas, confinadas, presas, na água, entre outras. E o principal, tem capacidade para transportar cinco bombeiros no máximo.

No caso do Volare Ambulância, a estrutura dos coletivos de viagens foi projetada com modernos aparelhos ergométricos em casos de urgência. Destaca-se pela facilidade de deslocamento e em sua capacidade de circulação de pessoas dentro do veículo, o que proporciona maior conforto aos pacientes transportados. E por último o modelo chamado de Volare Business. Sugestivo no nome e na inovação, este tipo de ônibus é uma espécie de escritório de negócios móvel. Ele é ideal para atender clientes e ser usado durante feiras e eventos. As novidades desta categoria se encontram dentro do coletivo.  Atrás fica a sala de reunião com um mesa, modernas poltronas executivas, e ainda aparatos de escritório e televisor.